Os exames essenciais para diagnosticar o câncer de mama em mulheres com alto risco

Publicado em: 08/10/2019 - 16:10:14

Pesquisador do A.C.Camargo Cancer Center publica artigo que discute os papéis da mamografia e da ressonância magnética

A ressonância magnética é reconhecidamente a modalidade de exame de imagem mais precisa para o rastreamento do câncer de mama em mulheres com alto risco. Mas a mamografia não seria também necessária nessa população? 

As formas de detecção desse tipo de tumor foram discutidas no artigo Breast Cancer Screening In High-Risk Women: is MRI Alone Enough? (Rastreio do Câncer de Mama em Mulheres com Alto Risco: a Ressonância Magnética é Suficiente?).

Trata-se de um editorial publicado na revista científica Journal of the National Cancer Institute, da Universidade de Oxford, cuja coautoria é de Almir Bitencourt, médico titular do Departamento de Imagem do A.C.Camargo Cancer Center.

Instituições de peso como a National Comprehensive Cancer Network e a Sociedade Americana do Câncer, por exemplo, recomendam a realização de uma ressonância magnética da mama anual para mulheres que integram o grupo de alto risco, que devem ser feitas a partir dos 25 anos de idade, no máximo a partir dos 30.

Além da ressonância, a diretriz dessas instituições prevê que as mulheres se submetam também à mamografia, a partir dos 30 anos.

 

Alto risco de câncer de mama

Mulheres com os seguintes fatores de risco têm maior chance de desenvolver câncer de mama: quem carrega o histórico de radioterapia torácica entre 10 e 30 anos; portadoras de mutações BRCA e suas parentes de primeiro grau; portadoras da síndrome de Li-Fraumeni e outras síndromes de predisposição de alto risco; chance de câncer de mama igual ou superior a 20%, com base em modelos de avaliação de risco como a hereditariedade. 

 

Afinal, a ressonância é suficiente?

“Como a ressonância apresenta maior sensibilidade para o diagnóstico de câncer de mama, alguns trabalhos mais recentes sugerem que a mamografia acrescenta pouco ao rastreamento em alguns subgrupos”, afirma o Dr. Almir Bitencourt. 
“Por exemplo, o estudo de Chiarelli et al. demonstrou que a mamografia não apresenta benefício nas pacientes abaixo de 40 anos”, complementa o especialista, em referência à pesquisa Performance Measures of Magnetic Resonance Imaging Plus Mammography in the High Risk Ontario Breast Screening Program, publicada na mesma revista.

Além disso, a ressonância é um método preferível de rastreamento nessa faixa etária, pois não emite radiação.

“Nas pacientes com idade mais avançada, especialmente de 50 a 69 anos, continua sendo importante associar a ressonância à mamografia”, avisa Almir Bitencourt.

Novos estudos devem ser realizados para garantir a melhor estratégia de rastreamento para essa população.

Para conferir o artigo completo (em inglês), clique aqui.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

A mamografia e o tumor de intervalo: entenda a relação
Em 5 de fevereiro, comemoramos o Dia Nacional da Mamografia. Esta data precisa mesmo ser comemorada, pois a mamografia é o exame capaz de diagnosticar o câncer de mama em seus estágios iniciais e salvar vidas de mulheres. O câncer de mama está em primeiro...
15/09 - Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas
A conversa de hoje é sobre linfomas. Entre os 10 tipos de câncer mais frequentes na população brasileira está o linfoma, que é caracterizado pelo aumento de um gânglio linfático, causando um "inchaço" no local. Existe até um Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas, que...
21/09: Dia Mundial do Doador de Medula Óssea
Em 21 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, que tem como objetivo a conscientização sobre a importância da doação de medula óssea. O procedimento servirá para o transplante, um tipo de tratamento que visa substituir uma medula óssea doente...
29/08 – Dia Nacional de Combate ao Fumo: como parar de fumar?
Apoio psicológico, medicamentos e algumas atitudes simples podem ajudar quem deseja largar o vício O tabagismo é o maior fator de risco evitável de adoecimento e morte no mundo. Os malefícios incluem um aumento significativo nas chances de adquirir ou morrer por doenças cardíacas, pulmonares...
6 informações sobre câncer de pênis que você precisa saber
E uma delas é que água e sabonete são muito importantes para combater a doença Grande parte dos pacientes atendidos com câncer de pênis no A.C.Camargo Cancer Center chega com o tumor em estágio avançado, quando a amputação do órgão é quase inevitável. Porém, como...