Novembro Azul e as tendências no tratamento do câncer de próstata

Publicado em: 06/11/2019 - 15:11:31
Tratamento
Diagnóstico
Efemérides
Tumores Urológicos

 

Assista ao vídeo e conheça as possibilidades mais completas de tratamento para esse tipo de tumor, o segundo mais comum entre os homens

Não é necessário um Novembro Azul para que você atente-se aos tumores urológicos.

No Brasil, o câncer de próstata é o mais comum entre os homens (excluindo o câncer de pele não-melanoma).

São mais de 68 mil casos diagnosticados todos os anos. Os números assustam, mas existem formas de prevenir a doença, ainda mais devido aos tratamentos, que estão avançando.

Assista ao vídeo e saiba mais sobre as tendências de tratamento no câncer de próstata com o Dr. Stênio Zequi, head da Urologia no A.C.Camargo Cancer Center.

 

Novembro Azul como hábito

O que você pode (e deve) fazer para prevenir o câncer: adotar a alimentação saudável, fazer exercícios físicos, não fumar, ir devagar com o álcool e com as calorias para não engordar demais.

Sim, são as clássicas recomendações. Além de evitar o câncer, elas deixam você cheio de disposição, bom humor e ótima aparência.

Jogar aquele futebol no fim de semana é ótimo, desde que você mantenha uma rotina de exercícios durante a semana. Se não der para ir à academia, caminhe, ande de bicicleta, suba escadas, corra no parque. Não deixe seu corpo parado no dia a dia para suar a camisa somente no domingo.

Prato colorido é prato equilibrado: legumes, verduras, proteínas, grãos, carboidratos, tudo o que você precisa. Uma dica saborosa é abusar do vermelho na mesa, comendo muita melancia, goiaba, tomate. Eles contêm licopeno, substância antioxidante que ajuda a inibir alterações no DNA das células que provocam o surgimento do câncer. O tomate, então, é campeão: cozido, melhor ainda.

Novembro Azul

Higiene é saúde: fique atento à limpeza correta do pênis. E use camisinha para prevenir doenças, como a infecção pelo HPV (papiloma vírus humano), um grande fator de risco do câncer.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Endometriose pode virar câncer?
Endometriose, um mal que atinge cerca de 6 milhões de mulheres. A doença ocorre quando o endométrio, mucosa que reveste a parede interna do útero, cresce em outras partes do corpo. Geralmente, órgãos como ovários, trompas e peritônio são os mais afetados, causando cólicas muito...
Exames de prevenção por faixas etárias
Além de manter hábitos saudáveis como alimentação equilibrada e atividade física, uma forma de proteger sua saúde é realizar estes exames – outros testes de rastreamento podem ser indicados pelo médico, de acordo com a análise do histórico familiar e as queixas de cada paciente...
Podcast Rádio Cancer Center #36 - Saiba como se prevenir contra o câncer de colón e reto
O câncer de colón e reto é muito frequente no Brasil. Sem contar os tumores de pele não melanoma, ele é o segundo mais comum entre os homens, com previsão de 20.540 novos casos para 2020, e também o segundo mais comum entre as mulheres...
Dia Nacional dos Ostomizados
Procedimento proporciona a pacientes nova oportunidade de viver com mais qualidade A ostomia, mais conhecida como estomia, é uma cirurgia realizada com objetivo de construir um novo caminho para eliminar a urina e as fezes. É um procedimento que salva vidas. Mas, ainda existem pessoas...
Câncer colorretal metastático: foco em pacientes HER2 positivos
Por Celso Abdon Lopes de Mello, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center Foi apresentado o estudo DESTINY-CRC01. Este estudo é um estudo pequeno, de fase II, multicêntrico que avaliou a eficácia de uma nova droga, o Trastuzumabe Deruxtecan (T-Dxd), em pacientes com carcinoma de cólon...