Imunoterapia para o câncer colorretal metastático

Publicado em: 01/06/2020 - 12:06:30
Pesquisa
Tratamento
Imunoterapia
Tumores Colorretais

Por Celso Abdon Lopes de Mello, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center

O estudo mais aguardado desta ASCO foi o Keynote-177, pois a imunoterapia é usada para diversos tumores atualmente. 

Para os pacientes com câncer colorretal, a imunoterapia é aprovada apenas para os pacientes que têm uma característica, que é a instabilidade de microssatélites, e que já receberam tratamento prévio com a quimioterapia convencional. 

A instabilidade de microssatélites está presente em apenas 5% dos pacientes com metástases. 

Este estudo comparou a imunoterapia com Pembrolizumabe versus a quimioterapia convencional para pacientes que iriam iniciar o tratamento de primeira linha e cujo tumor apresentava instabilidade de microssatélite. 

O resultado foi que os pacientes que receberam imunoterapia tiveram um aumento significativo no tempo para progressão da doença, além de elevação na taxa de resposta tumoral. 

O mais surpreendente foi que, nos pacientes que apresentavam redução tumoral, a duração dessa resposta foi bastante prolongada em comparação com a quimioterapia. 

Em resumo, este estudo deve mudar em breve a prática e colocar a imunoterapia no tratamento inicial do paciente com carcinoma colorretal metastático com instabilidade de microssatélite. 

Celso Abdon Lopes de Mello e o câncer colorretal

Saiba mais:
- Acompanhe aqui o melhor do ASCO Annual Meeting 2020

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Estudos retrospectivos em parceria elevam qualidade dos resultados
Com maior número de casos, colaborações entre instituições fazem com que os achados se tornem muito mais precisos Estudos retrospectivos: são várias as colaborações científicas entre médicos do A.C.Camargo e especialistas de outras entidades do exterior e do Brasil. Oncologista clínico do A.C.Camargo, o Dr...
Recidiva, seguimento, cura e remissão em oncologia
Por Dr. Daniel Garcia, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center Quando o tratamento termina, muitos pacientes escutam de seus médicos oncologistas que se inicia o seguimento ou quais medicamentos adicionais serão necessários para manter o tumor em remissão. Ou, felizmente, que o câncer desapareceu e...
Câncer de canal anal: o que há de novo?
Na oncologia, a área é carente de estudos, mas Brasil e América Latina podem fazer a diferença pelo grande número de pacientes O câncer de canal anal é uma área carente de pesquisa. Nos EUA, esse tipo de câncer representa 2,6% das neoplasias do trato...
Pesquisador do A.C.Camargo participa de descoberta de Sarcoma na Cavidade Nasal
Quando um paciente de 53 anos apresentou quadro de recidiva de um rabdomiossarcoma, câncer no músculo, comum em jovens e crianças, seu médico decidiu enviar o caso para a investigação de um patologista. Era o primeiro passo para o estudo que descobriria um novo tipo...
Histórias reais sobre o câncer: conheça Amanda Benites
Assista ao quarto capítulo da série de vídeos em parceria com a Revista Claudia: são vivências inspiradoras de mulheres que lutam contra o câncer Quando se tem 21 para 22 anos, é difícil imaginar um revés na saúde. Era o caso da professora paranaense Amanda...