Fisioterapia contribui para a qualidade de vida de mulheres com câncer de mama e tumores ginecológicos

Publicado em: 08/10/2018 - 11:10:15
Reabilitação
Foco do paciente
Suporte e Reabilitação
Tumores Ginecológicos

Uma das grandes preocupações da mulher em tratamento de câncer de mama ou tumores ginecológicos é o linfedema – acúmulo de líquido nos braços ou nas pernas, que causa inchaço e pode dificultar o movimento.

A fisioterapia tem o papel de promover a reabilitação da paciente e incentivá-la à retomada das atividades diárias o mais rápido possível, considerando sempre suas limitações. O objetivo é diminuir os efeitos colaterais e as complicações que podem surgir após uma cirurgia, quimioterapia ou radioterapia.

Para evitar esse desconforto, antes mesmo da cirurgia para retirada do tumor da mama, a equipe de profissionais da Fisioterapia faz uma visita a cada paciente. “Esclarecemos dúvidas e fazemos uma avaliação física. Identificamos se a paciente tem algum problema ortopédico ou muscular como bursite, tendinite ou algum tipo de trauma, a fim de planejar a conduta terapêutica”, explica a Dra. Telma Rodrigues, da Fisioterapia.

Após a cirurgia, a fisioterapeuta entra novamente em ação. “Cada caso é único. Se a paciente fez ou não cirurgia reparadora, se retirou o linfonodo sentinela, se está com linfedema, se vai fazer radioterapia. Para cada situação temos uma forma de tratamento”, afirma a Dra. Celena Friedrich, da Fisioterapia.

Em geral, a fisioterapia começa a ser feita no sétimo dia pós-operatório. Nos casos de cirurgia reparadora, é preciso esperar 15 dias para começar as sessões. Além dos exercícios realizados durante as sessões, no A.C.Camargo Cancer Center, as pacientes aprendem exercícios para fazer em casa.

A fisioterapia também é essencial para a recuperação da saúde e da autoestima das pacientes com tumores ginecológicos. A radioterapia costuma causar efeitos colaterais (estenose vaginal), como dores durante a relação sexual e a incontinência urinária.

Pensando nisso, a equipe de fisioterapeutas prescreve exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico, região que compreende a bexiga, os órgãos reprodutivos e o reto. O biofeedback, como é conhecido, dá à paciente a percepção da contração da musculatura nessa região.

A integração de diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa do câncer é o modelo adotado em nossa Instituição, assim como nos principais Cancer Centers do mundo. É uma evolução do conceito de saúde em oncologia, no qual o paciente é avaliado por um grupo multidisciplinar de especialistas em todas as etapas, desde o diagnóstico até a reabilitação.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Covid-19: recomendações para pacientes oncológicos em seguimento
Ficar em isolamento e manter a etiqueta da tosse também são orientações necessárias para quem já teve câncer Covid-19. Pacientes que já foram diagnosticados com câncer e hoje estão curados devem ter os mesmos cuidados da população em geral na hora de se proteger contra...
Possíveis impactos do tratamento de tumores cerebrais na vida dos pacientes
Tumores cerebrais são pouco comuns: as estatísticas mundiais apontam que, do total de tipos de câncer que existem, menos de 2% se localizam no cérebro. Mais frequentes, porém, são as metástases cerebrais de outros tumores mais incidentes, como mama ou pulmão. Os sintomas antes ou...
“Depois de 18 anos curado de um câncer, quero viver uma vida mais leve”
“Minha vida é cheia de histórias e experiências. Sou um escrivão de polícia aposentado, com uma família linda e bem grande: sou casado com a querida Matilde, a mulher da minha vida! Com o casamento, vieram os filhos: Ricardo e Janeth, que nos presentaram com...
Ambulatórios SUS passam a funcionar na Unidade Castro Alves
O edifício, que foi inaugurado em setembro, vai trazer mais conforto para os pacientes Desde o dia 6 de janeiro, as consultas ambulatoriais dos pacientes atendidos pelo SUS (já matriculados conosco) estão funcionando na Unidade Castro Alves, localizada na Rua Castro Alves, nº 131, a...
Amor à Vida comemora o Dia Internacional da Mulher em dose dupla
Que mulher não gosta de se reunir com as amigas para conversar, trocar experiências, tirar fotos e tomar um café? Assim são as reuniões do Grupo de Apoio ao Paciente com Câncer, Amor à Vida, que, além de lidar com assuntos importantes e delicados durante...