Entenda o que é a TNT, a nova aliada no câncer colorretal

Publicado em: 30/09/2019 - 14:09:24

Conheça a inovadora terapia, que busca evitar amputações em tumores de reto e melhorar a eficácia da quimioterapia 

Conhecida como TNT, a terapia neoadjuvante total é uma prática que recentemente vem sendo adotada no tratamento do câncer de reto mundo afora. Trata-se de uma mudança de paradigma que visa evitar, sobretudo, a amputação do órgão. 

O A.C.Camargo Cancer Center a implementou neste 2019, seguindo os passos de instituições de vanguarda como o Memorial Sloan Kettering Cancer Center (MSKCC), de Nova York, cujos pesquisadores publicaram descobertas sobre a TNT na JAMA Oncology, algo que forneceu suporte adicional às diretrizes da National Comprehensive Cancer Network.

 

Como funciona a TNT

É uma mudança de protocolo. Atualmente, pacientes com câncer de reto baixo são tratados com quimioterapia e radioterapia concomitantes, seguidas de cirurgia e, por fim, quimioterapia adjuvante. 

“Muitos pacientes, porém, têm dificuldade com a quimioterapia posterior à cirurgia, tendo que ficar com a colostomia, o que dificulta a tolerância ao tratamento”, explica Celso Abdon Lopes de Mello, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center.

No caso da terapia TNT, faz-se a quimioterapia antes da operação, jamais depois – essa químio pode ocorrer antes ou depois da radioterapia, mas nunca após a cirurgia.

“Além de melhorar a eficácia da quimioterapia no combate às micrometástases, a TNT pode aumentar as chances de o paciente evitar a amputação no reto ou a colostomia definitiva”, afirma o Dr. Celso. “A pessoa pode ser acompanhada sem essa operação radical, sendo avaliada depois via colonoscopia, com chances de o tumor desaparecer”, acrescenta o médico. 

 

TNT no futuro

Além do tumor de reto baixo, a terapia neoadjuvante total pode ser empregada em casos de alto risco. Antes disso, ela já vinha sendo utilizada em mama.

“Seria um ganho não operar pacientes de forma de radical. É algo que vem sendo perseguido no mundo todo. Certamente, a TNT vai virar um padrão de tratamento no futuro”, projeta o Dr. Celso.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

A bebida alcoólica eleva o risco de um câncer de boca?
A bebida alcoólica pode ser, sim, um fator de risco para o desenvolvimento de um câncer. Essa associação ocorre não apenas para um tumor de cabeça e pescoço, como boca, faringe e laringe. O álcool também pode implicar problemas no esôfago, mama e intestino grosso...
Podcast Rádio Cancer Center #20 - O cirurgião oncológico
Conheça o papel deste especialista essencial A conversa de hoje é sobre o papel do cirurgião oncológico. Vamos falar da atuação desse especialista que é vital para o tratamento do câncer. Trata-se de um profissional que não somente é preparado para conduzir cirurgias de alta...
Podcast Rádio Cancer Center #19 - Julho Verde e a reabilitação de um câncer de cabeça e pescoço
Conheça mais as possibilidades terapêuticas da fonoaudiologia e da estomatologia Neste Julho Verde, mês de conscientização para o combate aos tumores de cabeça e pescoço (leia mais a seguir), é importante falar de reabilitação. É fundamental ressaltar as possibilidades de tratamento e até mesmo conhecer...
Como eu me tornei uma oncologista
Para marcar este 9 de julho, Dia do Oncologista, saiba mais sobre a profissão com o depoimento da Dra. Maria Nirvana da Cruz Formiga, oncologista clínica do Departamento de Oncogenética do A.C.Camargo “A oncologia é uma área que me encantou desde o 5° ano da...
Julho Verde: 9 mitos & verdades sobre o câncer de cabeça e pescoço
Julho Verde: os tumores de cabeça e pescoço representam o nono tipo de câncer mais comum no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Incluindo todas as áreas da cavidade oral, como a língua e boca, e órgãos como laringe, faringe, seios...