Um olhar sobre a qualidade de vida e reabilitação do paciente oncológico

Publicado em: 22/09/2016 - 21:09:00
Notícias

Nossos especialistas fazem um resumo dos painéis de Efeitos Tardios, Enfermagem, Fisioterapia e Músculo Esquelético, do evento Next Frontiers to Cure Cancer.

 

Efeitos tardios

"As discussões deste painel foram superaprofundadas em pesquisas e estudos sobre os efeitos tardios do tratamento do câncer. O mais interessante foi poder contar com especialistas que vivenciaram no passado algumas evoluções que resultam hoje em menos efeitos e, da mesma forma, acompanhar inovações do presente que vão gerar ainda melhores resultados na qualidade de vida dos pacientes", contou nossa diretora da Oncologia Pediátrica, Dra. Cecilia Maria Lima da Costa.

 

Enfermagem

A diversidade dos painéis de enfermagem mostrou que as novas fronteiras dos profissionais da área oncológica estão relacionadas à dedicação ao ensino, pesquisa, assistência e gestão baseados em evidências científicas.

Para José Luiz Gasparini, nosso enfermeiro e responsável pela organização dos temas, "os desafios continuam, como a capacitação profissional, o manejo de sintomas, o aprimoramento e a adesão de processos. A gestão do processo assistencial é o caminho para superar algumas fronteiras".

Ele ainda reforçou que as novas tecnologias fazem cada vez mais parte da rotina clínica, mas não substituem o vínculo direto com o paciente. "Nosso trabalho melhora indicadores, diminui custos, mas o resultado principal é melhorar a experiência do paciente. A experiência olho a olho pode mudar uma vida", encerrou.

 

Fisioterapia

Uma programação voltada à qualidade de vida. Assim podem ser resumidas as conversas promovidas no painel de Fisioterapia. Temas como pós-operatório, avanços tecnológicos, prática de atividade física e acompanhamento psicológico apontaram para um caminho: um profissional focado em atendimentos personalizados.

Dra. Celena Friedrich, nossa diretora de Fisioterapia e uma das responsáveis pela seleção de palestras, acredita que envolver diferentes especialidades é fundamental para a reabilitação. "O paciente oncológico não pode ser visto de um único ponto. Ele precisa estar bem clinicamente, com uma boa nutrição, e psicologicamente preparado para que o trabalho do fisioterapeuta tenha bons resultados, por exemplo", avaliou.

 

Músculo esquelético

"O tratamento deve ser multidisciplinar", enfatizou Dra. Suely Akiko Nakagawa, nossa diretora do Núcleo de Ortopedia. As palestras do painel Músculo Esquelético mostraram estudos comprovando que essa atuação integrada de cirurgiões, ortopedistas, radiologistas, patologistas, oncologistas clínicos, radioterapeutas e oncologistas pediátricos gera melhores resultados para os pacientes, como aumento da sobrevida e mais qualidade de vida. "Os destaques foram a evolução das cirurgias para preservação de membros e os avanços nas pesquisas científicas sobre alterações genéticas e moleculares, um campo amplo e promissor", comentou.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Para que jejum em exames de imagem?
Tese de doutorado avalia se deixar de comer e beber pode piorar as condições dos pacientes. Afinal, é mesmo necessário ficar em jejum para exames de tomografia ou ressonância? A Dra. Paula N. V. Pinto Barbosa, da Radiologia, fez a si mesma essa pergunta depois...
Agrotóxicos podem aumentar o risco de câncer?
Verdade. Agrotóxicos, ou defensivos agrícolas, são produtos químicos empregados para controlar insetos, doenças, ou ervas daninhas que causem dano às plantações. Tais produtos são cercados de polêmica, pois seu uso pode ter impacto negativo sobre a saúde humana. Estudos apontam que os agrotóxicos podem desencadear...
462 anos de São Paulo: conheça alguns destaques da maior cidade do país
A cidade mais populosa de toda a América celebra hoje 462 anos. São Paulo não só é um município de grande influência política e econômica, mas também local de ricas histórias, com locais e personagens marcantes. Como homenagem à cidade sede do A.C.Camargo, conheça alguns...
Combinação de medicamentos desacelera evolução de câncer de próstata metastático
Resultados apresentados no ASCO mudam recomendação de tratamento para esses pacientes. Acrescentar abiraterona e prednisona à terapia hormonal administrada aos pacientes com câncer de próstata agressivo e metastático aumenta em duas vezes o período médio sem progressão da doença e reduz em 38% o risco...
Orientações sobre a gripe 2018
A gripe A influenza ou gripe é uma infecção respiratória aguda, causada pelo vírus influenza, com alto potencial de transmissão. Os primeiros sintomas geralmente são: febre, dor muscular e tosse seca. A evolução costuma ser branda e autolimitada, por período de quatro dias a sete...