Sarcomas: A.C.Camargo integra grandiosa pesquisa para entender melhor esses raros tumores

Publicado em: 01/07/2021 - 15:07:24
Pesquisa
Tratamento
Parcerias
Tumores do Sistema Nervoso Central
Linha Fina

O projeto SELNET, um consórcio que reúne países europeus e latino-americanos, vai avaliar 5 mil pacientes até 2022 

Sarcomas são tumores raros. Os mais comuns atingem as chamadas partes moles, como músculos, gordura, tendões, ligamentos, vasos sanguíneos, nervos periféricos e outros tecidos. 

Com o objetivo de entender melhor esses raros tumores e implementar melhores práticas que possam ser replicadas em vários países, o projeto SELNET, que é patrocinado pela comunidade europeia, criou um consórcio, uma rede multidisciplinar com nações europeias e latino-americanas – além do Brasil, participam Argentina, Costa Rica, México e Peru.

Oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center, o Dr. Celso Abdon Lopes de Mello foi convidado para coordenar o braço brasileiro do projeto. 

“Como os sarcomas são tumores raros, qualquer iniciativa para um melhor entendimento é relevante, então estamos participando ativamente, a fim de, cada vez mais, identificar barreiras e praticar o melhor tratamento possível”, afirma o Dr. Celso. 


5 mil pacientes até 2022 

O médico conta que, desde 2019, há reuniões a cada seis meses – aconteceram na espanhola Sevilha, na francesa Lyon e na Cidade do México. 

“Até 2022, vamos avaliar cerca de 5 mil pacientes em relação à qualidade do tratamento e do diagnóstico patológico em todos esses países. E, depois, vamos comparar os dados com alguns centros de excelência”, explica o Dr. Celso. 

O especialista lembra que, na Europa, os sarcomas são tratados em Centros de Referência próprios para esse tipo de tumor, ao contrário de países como o Brasil, que conta com instituições especializadas em câncer, mas não exclusivamente em um tipo tão raro.

“Assim, mais do que nunca, é relevante estabelecer uma rede de sarcomas nos países para melhorar o diagnóstico, tratamento e avançar nas pesquisas. Sozinhos, os centros podem fazer pouco para as doença raras, mas, unidos, a força é maior”, encerra o Dr. Celso Abdon Lopes de Mello.

A iniciativa só reforça a vocação do A.C.Camargo para a pesquisa, um dos pilares que fazem da Instituição um Cancer Center.


Saiba mais:

- O Atendimento Oncológico Protegido do A.C.Camargo Cancer Center

- Confira tudo o que você precisa saber sobre a Covid-19

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Transplante de medula óssea para tratamento contra o câncer de testículo
O câncer de testículo é o tumor sólido mais comum em homens entre os 15 e 35 anos de idade, embora seja responsável por apenas 1% de todos os cânceres em homens quando não se leva em conta a idade. Existem diversos tipos de tumores...
Leucemia mieloide aguda: novo método calcula com precisão a sobrevida do paciente
Pioneiro no campo da onco-hematologia, ele foi desenvolvido em estudo multicêntrico internacional, que teve a liderança de médico do A.C.Camargo Cancer Center Quando um paciente é diagnosticado com leucemia mieloide aguda, os médicos usam uma variedade de métricas para determinar a gravidade da doença. As...
Triplo negativo, um atípico tumor de mama
Embora possa ser mais agressivo, ele apresenta perspectivas de cura quando descoberto precocemente O câncer de mama triplo negativo (CMTN) representa, em média, 15% dos casos de câncer de mama no mundo. Comparado a outros subtipos, ele é mais frequente em mulheres jovens: enquanto a...
Vídeo: prevenção e diagnóstico precoce em tumores de cabeça e pescoço
Os tumores de cabeça e pescoço representam o nono tipo de câncer mais comum no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Neste vídeo, você vai entender quais são os subtipos desse tumor e como preveni-lo, além de identificar os sinais e...
Teranóstica: a medicina nuclear no tratamento do câncer
Inovador, esse conceito usa materiais radioativos para obter informações sobre tumores ao mesmo tempo em que carrega medicamentos capazes de tratá-los Utilizada há anos para o diagnóstico do câncer, a medicina nuclear envolve o uso de substâncias radioativas, os chamados radiofármacos, que se dirigem exclusivamente...