Radioterapia: os 3 tipos de aceleradores lineares de partículas do A.C.Camargo representam o que há de mais moderno em tratamento

Publicado em: 01/08/2021 - 17:08:14
Tratamento
Reabilitação
Radioterapia
Linha Fina

Instituição possui equipamentos que podem encurtar a duração das sessões e diminuir efeitos colaterais, entre outras formas de alcançar os melhores resultados

Se você ou alguém próximo vai fazer radioterapia, já pode ter ouvido de um acelerador linear de partículas. Mas você sabe o que é este equipamento e como ele melhora o tratamento?

Trata-se de um equipamento com a mais alta tecnologia desenvolvido para emitir radiação de fótons ou elétrons, que são utilizadas nos tratamentos para combater ou diminuir o desenvolvimento do câncer.

Benefícios para pacientes: o A.C.Camargo tem um parque tecnológico com três diferentes aceleradores lineares, que permitem uma maior personalização do tratamento e, muitas vezes, encurtar a duração do tratamento com radioterapia e diminuir efeitos colaterais. 

 

Radioterapia: o que há de melhor

Conheça os aceleradores lineares de partículas disponíveis em nosso serviço de radioterapia:

  • Elekta Versa HD: este novo equipamento (foto a seguir) usa a inteligência artificial e agiliza tratamento do câncer, reduzindo o número de sessões em até 80%, graças às técnicas de hipofracionamento.

É que, por meio de técnicas modernas de imagens em alta definição, é possível entregar maiores doses de radiação para o tumor, minimizando as doses recebidas pelos tecidos circundantes normais, diminuindo os efeitos colaterais.

O tamanho reduzido de lâminas virtuais permite também o tratamento de múltiplos alvos simultaneamente.

A tecnologia é aplicada em casos selecionados, em uma dose única de radiação, reduzindo o tempo do tratamento para 30 minutos – o modelo convencional dura entre 5 e 6 semanas.

  • TrueBeam: é um acelerador linear de alta precisão que vem acoplado a um equipamento que captura imagens, o Conebeam. A cada sessão de radioterapia é feita uma rápida tomografia, o que possibilita ao médico acompanhar se houve qualquer mínima alteração no paciente (perda ou ganho de líquidos, por exemplo). 

O equipamento possui uma mesa robótica, que faz correções dos ângulos da aplicação, avisa se o paciente se movimentou levemente, entre outras funções, possibilitando maior flexibilidade para tratar cada caso.

Essa tecnologia envolve muito mais o médico, que vai à mesa diariamente, e do próprio console. O médico consegue fazer as alterações necessárias rapidamente.

Além disso, com a visualização precisa do tumor e dos tecidos normais ao redor, em tempo real, pode-se aumentar a dose de radiação por sessão, assim, reduzindo a quantidade, além de preservar ao máximo os tecidos saudáveis.

O Acelerador Linear, uma máquina branca com uma maca para fazer radioterapia; no teto, uma paisagem de campo para relaxar pacientes

Fonte: Dr. Antônio Cassio Pellizzon, head do Departamento de Radioterapia do A.C.Camargo

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Semana da Saúde: o que é autocuidado e como praticá-lo
A palavra "autocuidado" ganhou destaque nos últimos meses, principalmente por conta da pandemia da Covid-19. Mais pessoas estão interessadas em uma vida mais leve, com menos estresse e mais saúde. Mas afinal, o que é autocuidado e como praticá-lo? "Autocuidado são todas as medidas que...
A Covid-19 e o transplante de medula óssea
Pacientes que fizeram ou que irão se submeter ao procedimento devem tomar alguns cuidados especiais contra o novo Coronavírus A Covid-19 mudou a rotina de grande parte da população e os cuidados de prevenção, como lavar as mãos e manter o isolamento social, são fundamentais...
Fonoaudiologia em Vídeo: como funciona a residência
Assista a este capítulo da série Os Bastidores da Luta contra o Câncer e entenda como essa especialidade é fundamental na reabilitação dos pacientes A residência multidisciplinar em fonoaudiologia do A.C.Camargo Cancer Center prima pela excelência, conforme atesta a residente Rebeca Torezim. Ela encontrou na...
Science behind trials: como foram desenhados os estudos que estão mudando a forma de tratar pacientes com câncer?
Em conferência do terceiro dia do Next Frontiers to Cure Cancer assinada pela AACR e LACOG a convite do A.C.Camargo Cancer Center, pesquisadores explicam a metodologia por trás de três estudos recentes que aumentaram exponencialmente o tempo de sobrevida de pacientes que não tinham chance...
Estudo multicêntrico latino-americano avalia desfechos em pacientes com câncer de canal anal metastático
O câncer de canal anal, apesar de ser considerado uma neoplasia rara, vem apresentando um aumento de sua incidência, mas conta com poucos dados na literatura a respeito do prognóstico e de um melhor tratamento. Ele apresenta como fatores de risco a infecção pelo HPV...