Prevenção não tira férias - Dicas para o homem cuidar da saúde

Publicado em: 14/01/2016 - 22:01:00
Notícias

Mesmo na tranquilidade das férias, cuidar da saúde é fundamental e esse é um bom momento para conhecer mais sobre a prevenção do câncer e os exames diagnósticos de rotina. No Brasil, entre os homens, o tipo de câncer mais incidente é o de próstata, mas também é importante estar atento a outras regiões do aparelho reprodutor masculino, como pênis e testículos; e com o sistema urinário, caso da bexiga e dos rins – tumores nesses dois órgãos, em menor proporção, ainda podem acometer as mulheres. Confira dicas para ajudar na prevenção desses cinco tipos de câncer.

Próstata

O câncer de próstata apresenta desenvolvimento lento e está ligado diretamente à idade: o risco começa a aumentar a partir dos 50 anos. Para auxiliar na prevenção da doença, pratique exercícios físicos, evite o tabagismo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Outra dica importante está na alimentação: priorize frutas vermelhas, como tomate, melancia e goiaba, ricas em licopeno, substância antioxidante que ajuda a inibir alterações no DNA das células que provocam o surgimento do câncer.

Pênis

A correta higienização do órgão é fundamental para a prevenção do câncer de pênis. Homens com fimose também devem estar atentos, pois esta condição pode dificultar ou impedir a limpeza sobre a glande do pênis. A infecção pelo papilomavírus humano (HPV) é outro importante fator de risco para o desenvolvimento da doença. O câncer de pênis também pode estar ligado a outras doenças sexualmente transmissíveis, que podem ser prevenidas com o uso de preservativos.

Testículos

O principal sintoma do câncer de testículo é o aumento do volume testicular, que pode ser percebido pelo próprio paciente ao autoexaminar o órgão. A doença é mais comum em adultos jovens, principalmente na faixa entre 15 e 35 anos. Por isso, é recomendado se examinar frequentemente a partir dessa idade e, no caso de alterações, procurar um especialista. Atrofia muscular, infertilidade e a criptorquidia (ausência de testículos na bolsa escrotal) podem estar associados ao câncer, mas não são considerados fatores de risco para o desenvolvimento de tumores. A correção da criptorquidia, ainda na infância, pode ser recomendada nesses casos.

Bexiga

O tabagismo está relacionado a 85% dos casos de câncer de bexiga, que apresenta um risco três vezes maior de se desenvolver em fumantes. Por isso, o principal método de prevenção da doença é não fumar. Essa ligação entre o câncer e o cigarro existe devido à presença de substâncias cancerígenas no tabaco, como o alcatrão, que ao serem expelidas pelo organismo passam pela urina e agridem o revestimento da bexiga.

Rim

Dores lombares, sangramento urinário e o aparecimento de massa palpável podem ser sintomas de tumores renais avançados. O principal método de prevenção da doença é manter hábitos de vida saudáveis e evitar o tabagismo e a obesidade. Síndromes hereditárias correspondem a menos de 10% dos casos.


Dr. Gustavo Cardoso Guimarães - CRM 80506
Chefe do Núcleo de Urologia
Especialista em Urologia - RQE nº 45569
Especialista em Cirurgia Geral - RQE nº 47660
Especialista em Cancerologia Cirúrgica - RQE nº 47763

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Dengue: Fique atento!
Doença infecciosa causada por um vírus, a Dengue traz preocupações para a saúde brasileira desde a década de 1980 – apesar de termos registros de seu transmissor, o mosquito Aedes aegypti, desde o século XVI. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 390...
Para que jejum em exames de imagem?
Tese de doutorado avalia se deixar de comer e beber pode piorar as condições dos pacientes. Afinal, é mesmo necessário ficar em jejum para exames de tomografia ou ressonância? A Dra. Paula N. V. Pinto Barbosa, da Radiologia, fez a si mesma essa pergunta depois...
Agrotóxicos podem aumentar o risco de câncer?
Verdade. Agrotóxicos, ou defensivos agrícolas, são produtos químicos empregados para controlar insetos, doenças, ou ervas daninhas que causem dano às plantações. Tais produtos são cercados de polêmica, pois seu uso pode ter impacto negativo sobre a saúde humana. Estudos apontam que os agrotóxicos podem desencadear...
Orientações sobre a gripe 2018
A gripe A influenza ou gripe é uma infecção respiratória aguda, causada pelo vírus influenza, com alto potencial de transmissão. Os primeiros sintomas geralmente são: febre, dor muscular e tosse seca. A evolução costuma ser branda e autolimitada, por período de quatro dias a sete...
Anticoncepcional e a prevenção do câncer ginecológico
Sétimo e oitavo tipos de câncer mais comuns no Brasil, o câncer de endométrio e o de ovário têm mais de seis mil novos casos previstos para o ano de 2016. Porém, pesquisas recentes estabeleceram um importante fator de proteção para essas doenças ginecológicas, que...