Pesquisador do A.C.Camargo participa de descoberta de Sarcoma na Cavidade Nasal

Publicado em: 12/05/2015 - 21:05:00
Institucional
Pesquisa
Inovação e tecnologia

Quando um paciente de 53 anos apresentou quadro de recidiva de um rabdomiossarcoma, câncer no músculo, comum em jovens e crianças, seu médico decidiu enviar o caso para a investigação de um patologista. Era o primeiro passo para o estudo que descobriria um novo tipo de câncer: o Sarcoma de Trato Nasal.



Dr. Antônio Nascimento, patologista que trabalhou nessa pesquisa pela Mayo Clinic e hoje integra a equipe do Departamento de Anatomia Patológica do A.C.Camargo, explica o início dos estudos: "Quando o médico me informou, comparei com todos os outros pacientes diagnosticados com rabdomiossarcoma. Foi encontrada uma marcação imuno-histoquímica (identificação de moléculas das doenças) diferente da usual para esse tipo de câncer". Posteriormente, ao analisar o banco de dados da instituição, o patologista encontrou outros registros, desta vez, semelhantes ao desse então novo sarcoma.
 

As principais características

Foram avaliados 28 casos de Sarcoma de Trato Nasal – 21 mulheres e sete homens, com a média de idade de 52 anos. "Trata-se de um câncer com agressividade local e potencial para infiltrar estruturas vizinhas da cavidade nasal. Porém, raramente gera uma metástase", ressalta Dr. Antônio, que destaca sua principal característica: "Há grande potencial de recidiva, com riscos de o tumor retornar após retirada cirúrgica".

Como as pesquisas sobre o Sarcoma de Trato Nasal ainda estão em fase inicial, não há conhecimento sobre os fatores de risco específicos para essa doença. No entanto, descobriu-se a alteração genética causadora desses tumores: a proteína PAX3-MAML3. "Esses dois genes normalmente não atuam juntos. Em organismos comuns, o PAX3 posiciona-se com pequena distância do MAML3. Nos casos estudados, descobriu-se essa fusão, decorrente de uma translocação cromossômica anormal", afirma Nascimento.

A identificação dessa mutação pode colaborar não só para a descoberta de possíveis fatores de prevenção, mas principalmente para o desenvolvimento de tratamentos químio e radioterápicos. O olhar clínico do médico pode ser o primeiro passo para o diagnóstico. Exames de imagem poderão ser solicitados, mas não há um específico para essa situação. Entre os sintomas, corrimento nasal e rinorreia são os mais conhecidos. A cirurgia é, por enquanto, o único tratamento possível para a remoção do tumor.

Dr. Antônio Geraldo do Nascimento - CRM 146474
Médico Titular do Departamento de Anatomia Patológica

Fonte: <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22301502>.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Edital residência médica 2020
O A.C.Camargo Cancer Center inicia as inscrições para o programa de residência médica com início em 2020. Fique atento: os processos seletivos são feitos pelo própria A.C.Camargo ou pelo Sistema Único de Saúde de São Paulo (SUS-SP), a depender da especialidade. Processo seletivo A.C.Camargo Especialidade...
Mitos & verdades sobre o Colesterol
O colesterol é um tipo de gordura essencial para a sobrevivência. Importante na produção de hormônios e presente na membrana celular, esse lipídio é produzido pelo fígado e encontrado em quantidade autossuficiente no corpo humano. São classificados em dois principais tipos: o HDL(lipoproteína de alta...
Dia Internacional da Mulher: assista ao vídeo conheça personalidades que fizeram história
Dia Internacional da Mulher: neste 8 de março, preparamos um vídeo com desbravadoras que nos inspiram. Assista: .video-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; padding-top: 30px; height: 0; overflow: hidden; } .video-container iframe, .video-container object, .video-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%...
TJCC: Confira como foi a participação dos médicos do A.C.Camargo Cancer Center no evento
O A.C.Camargo marcou presença na 8ª edição do Congresso Todos Juntos Contra o Câncer, realizado pela ONG de mesmo nome que congrega representantes de diferentes setores voltados ao cuidado ao paciente com câncer. Na edição de 2021, o A.C.Camargo foi representado para falar sobre seu...
Biobanco, a ciência que faz diferença
Assista ao vídeo e entenda melhor como ele contribui para o combate ao câncer Um Biobanco é mantido no A.C.Camargo Cancer Center desde 1997, afinal, a pesquisa em oncologia depende da identificação das características e dos perfis dos tumores, informações essas obtidas por meio da...