Paciente internado recebe bandeja com refeição

Pacientes com câncer colorretal podem voltar a comer de tudo?

Publicado em: 26/02/2021 - 09:02:47
Tratamento
Foco do paciente
Hábitos saudáveis
Tumores Colorretais
Cólon
Linha Fina

Saiba mais sobre a alimentação para pacientes com tumores
no cólon e no reto

Muitos pacientes com câncer colorretal têm dúvidas sobre o tipo de alimentação que devem ter e se poderão voltar a se alimentar normalmente após a cura.

Thais Manfrinato Miola, supervisora de nutrição do A.C.Camargo Cancer Center, explica que dietas específicas dependerão da fase do tratamento que o paciente se encontra e adaptadas aos efeitos colaterais, se houver.

“O paciente com câncer colorretal, assim como qualquer outro paciente oncológico, deve manter uma alimentação balanceada sempre que possível, com adaptações para o pós-operatório ou para amenizar os sintomas da quimioterapia ou radioterapia”, comenta Thais.

A alimentação balanceada deve incluir o consumo de frutas, hortaliças, grãos integrais, leites e derivados na forma desnatada. As fontes proteicas devem ser magras, como leguminosas, peixe e frango. O consumo de carne vermelha não é proibido, mas deve ser moderado (menos de 500g por semana) com prioridade para os cortes magros. Bebidas açucaradas, gorduras e frituras devem ser evitadas.


Retomada da rotina para o paciente com câncer colorretal

Depois do tratamento cirúrgico, durante o período de acompanhamento, os pacientes com câncer colorretal poderão a se alimentar de forma normal, comendo de tudo.

“A evolução gradativa da dieta faz com que observemos se o paciente apresenta alguma intolerância alimentar posterior à cirurgia. Caso sim, este alimento que causou a intolerância deve ser excluído da dieta. Mas, são poucos os casos, já que a maioria volta a comer de tudo”, finaliza Thais.

Para saber mais sobre o câncer colorretal, clique aqui.

 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Alimentação saudável contribui para evitar o câncer
Antioxidantes e fibras ajudam a prevenir tumores Alimentação saudável. No caminho da prevenção do câncer está a adoção de uma dieta equilibrada, rica em frutas, verduras, legumes e cereais integrais. Existem pesquisas que indicam ser possível evitar cerca de 35% dos casos de câncer, apenas...
Câncer de pele não melanoma: cirurgia para a retirada de um carcinoma basocelular é feita no Centro Cirúrgico Ambulatorial, com alta no mesmo dia
O câncer de pele não melanoma é o mais comum no mundo e no Brasil. Por aqui, a estimativa é de 177 mil novos casos para cada ano do triênio 2020-2022, segundo o INCA. O carcinoma basocelular é tipo o mais comum – e também...
Câncer de canal anal: o que há de novo?
Na oncologia, a área é carente de estudos, mas Brasil e América Latina podem fazer a diferença pelo grande número de pacientes O câncer de canal anal é uma área carente de pesquisa. Nos EUA, esse tipo de câncer representa 2,6% das neoplasias do trato...
A.C.Camargo Cancer Center e Institut Curie firmam acordo de colaboração para pesquisa do câncer e os primeiros alvos são os sarcomas e radioterapia
Acordo de colaboração científica entre o A.C.Camargo Cancer Center e um dos principais centros europeus de pesquisa do câncer, o Institut Curie, que traz o nome da cientista Marie Curie, responsável pela descoberta dos efeitos da radioatividade e única mulher a receber dois prêmios Nobel...
Seguimento de longo prazo de Lifileucel – terapia com TILs para pacientes com melanoma avançado que falharam em múltiplos tratamentos
Por Milton José de Barros e Silva, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center O tratamento do melanoma metastático avançou muito na última década com a imunoterapia, através dos inibidores de pontos de verificação e da terapia-alvo para os pacientes com a mutação do gene BRAF...