Outubro Rosa: silicone pode causar câncer? Confira esse e outros mitos e verdades

Publicado em: 25/10/2021 - 14:10:08
Linha Fina

O câncer de mama ainda envolve muito tabu, assim como informações equivocadas. Para desmistificar alguns conceitos, confira o que é mito e o que é verdade sobre câncer de mama

Outubro Rosa: 60 mil novos casos de câncer de mama foram diagnosticados em 2020, segundo projeções do Instituto Nacional do Câncer (Inca). É um tumor frequente e pode atingir mulheres em sua idade fértil (quando ovulam) ou durante a menopausa.

Quando diagnosticado em seu início, a chance de cura do câncer de mama pode chegar em 95%. Por isso, é sempre importante estar atenta aos sinais e sintomas e aos mitos e verdades sobre a doença.
Para falar sobre o que é verdade e o que é mentira sobre o câncer de mama, convidamos Renato Cagnacci Neto, médico mastologista do Centro de Referências em Tumores de Mama do A.C.Camargo Cancer Center.

Confira!

Desodorante pode causar câncer de mama.
Mito.
Existia alguma preocupação com sais de alumínio usados em alguns desodorantes, porém nunca confirmou a relação com surgimento de câncer.

Tomar qualquer vacina da covid-19 aumenta os seios e pode desencadear em câncer de mama.
Mito.
A vacina pode causar inchaço nos linfonodos axilares (conhecido como "íngua"), que nada mais é que uma reação à inflamação causada pela injeção. Esse inchaço dos linfonodos é transitório e eles voltam ao normal após um tempo da vacinação. Confira tudo sobre vacinação contra covid-19 e câncer neste especial.

Silicone pode causar câncer e próteses mais antigas podem causar a doença.
Mito
, considerando o carcinoma, que é o câncer mais comum da mama (mais de 95% dos casos). Próteses de silicone talvez estejam associadas com um tipo de câncer muito raro (chamado de linfoma de grandes células da mama).

Todo caroço na mama é um câncer.
Mito.
Pelo contrário, nódulos mamários são comuns e a maioria é benigna (ou seja, não são nem viram câncer).

Chás, "gummy bears", shots da imunidade, remédios e outros “milagres” ajudam a prevenir câncer de mama.
Mito.
A melhor maneira de prevenir o câncer de mama é ter uma vida saudável, com atividade física regular, dieta pobre em gordura e peso adequado para altura. Existe boa evidência científica que isto reduz o risco de câncer de mama. Os únicos medicamentos que podem reduzir o risco da doença são os chamados bloqueadores hormonais (como tamoxifeno, por exemplo), mas que devem ser utilizados apenas em casos muito específicos e com indicação médica.

Uso de anticoncepcionais desde a infância pode desencadear câncer.
Mito.
Os anticoncepcionais têm uma dose muito pequena de hormônios, são medicamentos seguros. 
Tristeza, depressão e ansiedade são fatores de risco para o câncer de mama.
Mito. Depressão não é um fator de risco para câncer, porém pode atrapalhar na manutenção de uma rotina saudável.

Outubro Rosa: mês de conscientização 
Ele está aí, mas você tem de se cuidar o ano todo. Inclua alimentos mais saudáveis nas refeições, faça atividade física e não deixe de realizar os exames médicos. Com o passar dos anos, aumentam os fatores de risco do câncer. A boa notícia é que, quando detectado no início, são grandes as chances de sucesso no tratamento. Não espere o próximo Outubro Rosa.

Previna-se! Marque uma consulta com um de nossos médicos. Quem tem câncer tem pressa.

Dr. Renato Cagnacci Neto – médico mastologista do A.C.Camargo Cancer Center (CRM 120186)
Dra. Fabiana Makdissi – médica mastologista e líder do Centro de Referência de Tumores de Mama do A.C.Camargo Cancer Center (CRM 92598)
Dr. Alexandre Katalinic – médico cirurgião plástico do A.C.Camargo Cancer Center (CRM 56004)

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

A mamografia e o tumor de intervalo: entenda a relação
Em 5 de fevereiro, comemoramos o Dia Nacional da Mamografia. Esta data precisa mesmo ser comemorada, pois a mamografia é o exame capaz de diagnosticar o câncer de mama em seus estágios iniciais e salvar vidas de mulheres. O câncer de mama está em primeiro...
15 de setembro - Dia mundial de conscientização sobre linfomas
Como se prevenir deles? Indo ao médico assim que perceber os sintomas. Então apareceu um gânglio diferente no pescoço, ou na axila, ou na virilha, que não dói, mas você sente extremo cansaço, febre, está suando à noite e também perdendo peso sem razão aparente...
15/09 - Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas
A conversa de hoje é sobre linfomas. Entre os 10 tipos de câncer mais frequentes na população brasileira está o linfoma, que é caracterizado pelo aumento de um gânglio linfático, causando um "inchaço" no local. Existe até um Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas, que...
21/09: Dia Mundial do Doador de Medula Óssea
Em 21 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, que tem como objetivo a conscientização sobre a importância da doação de medula óssea. O procedimento servirá para o transplante, um tipo de tratamento que visa substituir uma medula óssea doente...
25/09 - Palestra Segurança do Paciente: participe!
A importância do paciente, acompanhante e cuidador no atendimento hospitalar Convidamos você para participar de uma palestra especial, onde falaremos sobre a importância de cada pessoa nas questões relacionadas à segurança de nossos pacientes. Será uma tarde de compartilhamento de muito conhecimento e experiências. Você...