O uso de aspirina pode prevenir o Câncer no Intestino?

Publicado em: 05/01/2015 - 12:01:00
Notícias
Mitos & Verdades

Verdade. Diversos estudos demonstram a correlação da aspirina (ácido acetilsalicílico) com a prevenção do câncer colorretal. A Universidade Queen Mary, de Londres, revelou que o uso diário do medicamento, em baixa dosagem (75mg, menor que uma dose infantil) por mais de cinco anos pode prevenir tumores no intestino.

No entanto, o consumo recorrente do analgésico não é isento de complicações. Entre os efeitos colaterais estão: sangramento no estômago ou até mesmo uma perfuração no órgão, além de desconfortos e dor. Por isso, o medicamento deve ser utilizado sob prescrição médica.

Apesar dos efeitos protetores, não se recomenda o consumo diário de aspirina como estratégia de prevenção ao câncer colorretal. Essa medida é sugerida somente nos casos de famílias com mutações identificadas para câncer colorretal hereditário.

No caso de um diagnóstico molecular de predisposição para o câncer, os benefícios podem contrabalançar os efeitos colaterais do medicamento. Mas sob nenhuma hipótese se deve utilizar a aspirina de forma indiscriminada. É necessário sempre consultar um especialista!


Dr. Samuel Aguiar Jr. - CRM 84495
Chefe do Núcleo de Tumores Colorretais
Especialista em Cancerologia Cirúrgica - RQE nº 43422

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Doze cuidados com as mãos e os pés importantes ao paciente oncológico
Durante o tratamento quimioterápico, alguns pacientes podem sentir efeitos colaterais na pele, principalmente na região das mãos e dos pés. Dentre as principais alterações, destacam-se a Síndrome de mãos e pés; mudanças nas unhas e a neuropatia periférica, pequena lesão no Sistema Nervoso que pode...
Fumo de terceira mão também é fator de risco para desenvolvimento de câncer
Toxinas que se fixam em roupas e no ambiente após o indivíduo terminar o cigarro também fazem mal à saúde. Após a consolidação de evidências sobre os males para quem fuma e para os fumantes passivos, cientistas chamam a atenção da sociedade para os perigos...
Mitos & verdades: síndrome de ovários policísticos pode aumentar o risco de câncer?
Nossos especialistas esclarecem as principais dúvidas sobre a saúde da mulher e tumores ginecológicos Em março, no mês da mulher, publicamos diversos conteúdos informativos para prevenção do câncer ginecológico. Falamos sobre os tipos e sintomas dos principais tipos de tumores, lançamos uma série de vídeos...
Destruindo tumores: células podem programar de que forma vão morrer
Estudos apresentados no AACR Meeting 2017, em Washington, mostram que mecanismos que levam a célula para a morte programada podem colaborar no tratamento do câncer. O processo de morte celular programada, isto é, em que a célula decide a própria morte, ocorre em todo o...
Mitos & verdades sobre o câncer de pele
O clima esquenta e o câncer de pele se faz um risco presente. A radiação ultravioleta (UV), presente nos raios solares, é o principal fator de risco para o desenvolvimento do câncer de pele, tumor maligno mais comum no brasileiro. Por isso, a prevenção é...