Nomograma preditor de comprometimento adicional de linfonodos em pacientes com sentinela positivo

Publicado em: 01/11/2018 - 14:11:47
Pesquisa
Institucional
Epidemiologia

O nomograma prevê por cálculos matemáticos e estatísticos a possibilidade de outros linfonodos sentinelas comprometidos pelo melanoma também. Isso ajuda a identificar, de forma mais precisa, quais pacientes deveriam ser submetidos a uma nova cirurgia, e em quais pacientes a observação é uma opção segura. “Com o nomograma, podemos avaliar a probabilidade de outros linfonodos acometidos e decidir com dados objetivos entre acompanhar o paciente de perto, realizar uma nova cirurgia, ou se o paciente deve receber algum tratamento adjuvante”, diz o Dr. Eduardo Bertolli, cirurgião oncológico da Oncologia Cutânea, criador da ferramenta com a colaboração do pesquisador Dr. Vinicius Calsavara, matemático/estatístico do Núcleo de Epidemiologia e Estatística em câncer (NEECAN - CIPE). O nomograma também foi aplicado num total de 1418 pacientes do Netherlands Cancer Institute, da Holanda, e os resultados estão no artigo Validation of a Nomogram for Non Sentinel Positivity in Melanoma and Its Clinical Implications: a Brazilian-Dutch Study, publicado na Annals of Surgical Oncology.

Exibir aviso de responsabilidade

×

Nomogramas: Isenção de responsabilidade

Os nomogramas de prognóstico localizadas no site do A.C.Camargo Cancer Center são apenas informações gerais de saúde e não devem, sob nenhuma hipótese, substituir acompanhamento e aconselhamento médico, diagnóstico ou tratamento de qualquer condição ou problema de saúde.

O A.C.Camargo Cancer Center não oferece garantias nem declarações, expressas ou implícitas, com relação à exatidão, integridade, oportunidade, natureza comparativa ou controversa, ou utilidade de qualquer informação contida ou referenciada nos nomogramas. O A.C.Camargo Cancer Center apenas disponibiliza as informações e por isso não assume qualquer risco para o uso destas ferramentas. As informações relacionadas à saúde mudam com frequência e, portanto, os dados contidas nos nomogramas estão sujeitos a interpretações de novas descobertas.

O uso destas ferramentas não cria uma relação médico-paciente expressa ou implícita e não deve ser utilizada como uma forma de consultoria médica. O A.C.Camargo Cancer Center não endossa nem reivindica validade para estas informações, não registra dados específicos do usuário e não contata os usuários dos nomogramas.

É imprescindível o acompanhamento médico para tomada de decisão relacionada a qualquer problema de saúde existente ou que possa vir a existir. Ao usar estas ferramentas, você concorda que o A.C.Camargo Cancer Center não é e nem será responsável por qualquer decisão, ação ou omissão relacionada à utilização dos nomogramas.

Ao clicar em "Continuar" você declara que aceita todos os termos acima.

 

 

Artigo

Bertolli E, Franke V, Calsavara VF, de Macedo MP, Pinto CA, van Houdt WJ, Wouters MW, Neto JP, van Akkooi AC. Validation of a Nomogram for Non-sentinel Node Positivity in Melanoma Patients, and Its Clinical Implications: A Brazilian–Dutch Study. Annals of surgical oncology. 2019 Feb 15;26(2):395-405.

Veja também

Oncologia personalizada na América Latina
A oncologia personalizada (ou de precisão) deixou de ser o futuro do tratamento oncológico para estar cada vez mais presente no dia a dia. Mas, ainda são necessários muitos estudos e pesquisas clínicas para torná-la cada vez mais acessível e precisa no combate ao câncer...
Estudo com mais de 5 mil mulheres tratadas no A.C.Camargo revela sobrevida duplicada em casos de câncer de mama
Em pacientes com metástase, o índice de longevidade saltou de 20,7% para 40,8% entre 2000 e 2012; e, em estágio inicial, alcançou 98,7% As mulheres que recebem um cuidado multidisciplinar no Centro de Referência em Tumores de Mama do A.C.Camargo estão superando a doença em...
Podcast Rádio Cancer Center #38 - O Cuidado com o Câncer de Cólon e Reto em Tempos de Covid-19
O câncer de cólon e reto é muito comum no Brasil. Sem contar os tumores de pele não melanoma, ele é o segundo mais comum entre os homens, com previsão de 20.540 novos casos para 2020, de acordo com o INCA, e também é o...
Com cientistas do A.C.Camargo e da USP entre os autores, estudo internacional vence premiação ao relacionar bactérias do intestino ao câncer colorretal
É a segunda vez que pesquisadores de nossa instituição garantem a láurea do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Conduzido por cientistas de um grupo internacional que inclui o A.C.Camargo Cancer Center, a USP e a Universidade de Trento, na Itália, um estudo...
AACR: O congresso anual da American Association for Cancer Research, que aconteceu em Chicago de 14 a 18 de maio, apresentou o que há de inovações em pesquisa do câncer
Nossos especialistas estiveram por lá e contam aqui as novidades em pesquisa do câncer que podem ser aplicadas no diagnóstico e tratamento dos pacientes. Novas tecnologias, ênfase na imunoterapia, união da engenharia e da física com a medicina, bancos de dados extremamente complexos: tudo aponta...