Mitos & verdades sobre tumores abdominais

Publicado em: 03/12/2019 - 08:12:33
Institucional
Prevenção
Epidemiologia
Mitos & Verdades

O sistema digestório é fundamental na absorção de nutrientes dos alimentos para o funcionamento do organismo. Conhecer os sinais ou possíveis fatores de risco para doenças, como o câncer, pode ajudar a desmitificar alguns mitos e esclarecer dúvidas sobre a saúde de órgãos situados na região abdominal, como esôfagoestômagopâncreas e fígado.
 

Pessoas de países orientais têm maior risco de desenvolver câncer no abdômen?

Depende. O grau de incidência do câncer é bastante relacionado aos hábitos da população. Os orientais, por exemplo, utilizam grande quantidade de sal na conservação ou no consumo dos alimentos, o que aumenta o risco de tumores gástricos.

No entanto, estudos indicam que se esses povos forem transferidos aos Estados Unidos e adquirirem o hábito alimentar deste país, é possível que o risco de desenvolvimento de câncer mude, por exemplo, para o de intestino, mais comum na população americana.
 

O histórico familiar pode ser um fator de risco para o desenvolvimento de tumores abdominais?

Verdade. O diagnóstico de um familiar com câncer não necessariamente determina o surgimento de um fator hereditário. No entanto, quando ocorrem pelo menos dois casos do mesmo tipo de câncer na família ou em um paciente com idade precoce (antes dos 40 anos), é possível que existam alterações genéticas que predispuseram aos tumores.

Entre as síndromes hereditárias relacionadas à região do abdômen, o Câncer Gástrico Difuso Hereditário se destaca. Apesar de sua incidência ser bastante rara, pode aumentar o risco de desenvolvimento do câncer em até 80%.
 

Tabagismo é fator de risco somente para câncer de pulmão?

Mito. O uso do cigarro pode ser um dos fatores de risco para vários outros tipos de câncer, como estômago, bexiga, boca e garganta. E, assim como no caso do pulmão, o tabagismo torna-se um dos principais elementos que predispõem ao desenvolvimento de tumores no esôfago e no pâncreas.

Dr. Felipe José Fernandez Coimbra - CRM 93020
Diretor do Núcleo de Cirurgia Abdominal
Especialista em Cancerologia Cirúrgica - RQE 30634
Especialista em Cirurgia Geral - RQE 30635

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Outubro Rosa: a oncogenética no câncer de mama
Assista ao vídeo e entenda como ela pode ser uma aliada no diagnóstico e no tratamento Neste Outubro Rosa, os questionamentos se tornam mais recorrentes. "Tenho o histórico de câncer de mama na família: devo me preocupar? Descobri uma mutação genética: o que fazer?" Veja...
Suco gástrico dos pacientes com câncer de estômago pode ser útil para identificação de tumor
Estudo inédito pode ajudar na avaliação da resposta ao tratamento e trazer novas informações que a biópsia comum não é capaz de fazer A biópsia de um tumor obtida na endoscopia é um procedimento comum na rotina médica, porém, por conter apenas fragmentos isolados do...
Podcast Rádio Cancer Center #35 - Câncer: um manual de prevenção
Para prevenir o câncer, várias atitudes podem ser adotadas. Temos de lidar com estresse, obesidade, sedentarismo, cigarro, álcool, alimentação desregrada, com o perigo de pegar sol sem proteção e com os riscos de não se vacinar, por exemplo, contra HPV e hepatite. Esta conversa, que...
Vacinação para o paciente oncológico: comunicado importante
Atenção, pacientes do A.C.Camargo Cancer Center. A vacina não é recomendada para menores de 18 anos. Não importa qual das vacinas contra a Covid-19 você receba: tenha a certeza de que ela é segura e eficaz na proteção contra infecções graves. As duas vacinas que...
A.C.Camargo Cancer Center participa do programa CEOx1dia
Vivien Rosso, Superintendente Geral da Instituição, compartilhou sua rotina com Rafaella Lellis, estudante de Direito O A.C.Camargo Cancer Center foi uma das empresas participantes do CEOx1dia, programa mundial da Odgers Berndtson, uma das líderes globais do segmento de Recrutamento e Seleção de Executivos. Nele, são...