Doze cuidados com as mãos e os pés importantes ao paciente oncológico

Publicado em: 19/12/2015 - 22:12:00
Notícias

Durante o tratamento quimioterápico, alguns pacientes podem sentir efeitos colaterais na pele, principalmente na região das mãos e dos pés. Dentre as principais alterações, destacam-se a Síndrome de mãos e pésmudanças nas unhas e a neuropatia periférica, pequena lesão no Sistema Nervoso que pode causar perda de sensibilidade. No caso da síndrome, podem surgir inchaço, vermelhidão, formigamento e descamação. Já as unhas podem perder sua pigmentação e se deslocarem, em um efeito chamado onicólise.

 

Todos esses sintomas podem ser tratados e os medicamentos prescritos por especialistas, como o dermatologista. Confira quais ações devem ser evitadas e também os cuidados que podem reduzir ou prevenir esses possíveis efeitos adversos do tratamento quimioterápico:
 

Evitar:

  • Tecidos ásperos e sintéticos
  • Andar descalço ou usar sandálias abertas
  • Uso de adesivos curativos
  • Contato com produtos químicos como detergente e água sanitária
  • Exposição da pele a temperaturas extremas (muito quente ou gelado), nos casos de neuropatia periférica (pois não é possível perceber o calor de uma panela, por exemplo)

 

Adotar:

  • Roupas confortáveis
  • Luvas de borracha, se for manusear produtos de limpeza
  • Protetor solar e hidratante
  • Meias e luvas de algodão ao dormir
  • Dieta equilibrada e rica em vitaminas B e C
  • Em alguns momentos, deixar a pele descoberta  para respirar, evitando a transpiração em excesso
  • Analgésicos e antibióticos conforme prescrição médica – quando for necessário


Débora Ferrara de Bastos - COREN 334423
Titular do Serviço de Enfermagem do A.C.Camargo

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Condutas terapêuticas em mulheres com câncer de endométrio agressivo
Um estudo internacional* apresentado no ASCO 2017 analisou duas condutas terapêuticas utilizadas em mulheres com câncer de endométrio agressivo, com o objetivo de avaliar sobrevida e sobrevida livre de progressão da doença. As pacientes também foram avaliadas quanto à qualidade de vida, por meio de...
O exame de sangue oculto nas fezes é o método ideal para rastreamento do câncer colorretal em grandes populações
Pouca gente se lembra de fazer – e às vezes até mesmo os médicos se esquecem de pedir – o exame de sangue oculto nas fezes. Entretanto, ele é muito eficiente para ajudar no diagnóstico do câncer de intestino e tem a vantagem de ser...
Alimentos que ajudam na prevenção do câncer: próstata, mama e intestino
Boa alimentação pode ajudar na prevenção do câncer. Confira dicas de alimentos que podem ser aliados na prevenção de tumores na próstata, mama e intestino.
Núcleo de Desospitalização: um repertório de boas práticas com foco na eficiência da alta hospitalar
Ser eficaz no processo de alta hospitalar é um procedimento beneficente a todos os envolvidos – pacientes, instituição de saúde, operadoras e prestadores de serviço. Entenda-se como eficiência a capacidade de liberar o paciente internado no momento certo e da maneira correta, tendo como premissa...
Existe câncer no coração?
Órgão essencial para o corpo humano, o coração tem como função bombear o sangue, que carrega oxigênio e nutrientes por todo o organismo. Localizado no interior da cavidade torácica, é o centro do sistema circulatório e sempre requer atenção quanto à sua saúde: de acordo...