Cuidado com a saúde e criatividade, uma combinação perfeita

Publicado em: 16/11/2015 - 22:11:00
Notícias

Uma escola americana queria estimular duas atividades aparentemente inconciliáveis: leitura e exercício físico. Na hora de colocar o projeto em prática, os educadores resolveram inovar e substituíram as tradicionais carteiras por bicicletas ergométricas durante as aulas de leitura. Assim, ao mesmo tempo em que aproveitavam um bom livro, os alunos combatiam o sedentarismo. 


       
Para quem gostou da ideia, existem medidas bem mais simples que podem surtir o mesmo efeito. Confira as dicas do A.C.Camargo para cuidar da saúde com muita criatividade.
 

Mexa-se!

Melhorar o sistema imunológico, auxiliar na prevenção de doenças, acelerar o metabolismo, aumentar a autoestima e facilitar a inserção social... Os benefícios das atividades físicas para o organismo são incontáveis.
 

Passo a passo

Segundo a Organização Mundial de Saúde, dar cerca de 10 mil passos por dia é suficiente para sair do time dos sedentários. Uma pessoa sedentária faz de 6 a 7 mil passos diariamente, segundo o Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul. Com mais 30 minutos de caminhada, seria possível acrescentar cerca de 3 mil passos e atingir a marca recomendada pela OMS.

Sem tempo para fazer esteira? Troque o carro por um bom par de tênis e vá a pé para o trabalho, para o banco ou para o supermercado. Os passos a mais nessas pequenas caminhadas serão "computados" pelo corpo do mesmo jeito.

No supermercado, aliás, dá para queimar cerca de 155 calorias empurrando o carrinho por 30 minutos, segundo levantamento da Escola Médica de Harvard.

Para os fãs de tecnologia, também vale apostar em games como o Kinect e o Wii, pois exigem esforço físico e movimentos corporais. Aproveite para se divertir com seus filhos e amigos!

Praticar exercício pode ser um jeito criativo de cuidar não apenas da saúde do corpo, mas também da mente. O estudo SMILE, da Universidade Duke, mostrou que a prática de atividades físicas pode ser tão eficaz quanto alguns medicamentos no tratamento da depressão.
 

Não saia do peso

Manter o peso normal ajuda a prevenir o diabetes, a hipertensão, o colesterol elevado e outros problemas. Como nem sempre é fácil cortar calorias do cardápio, boas recomendações para quem quer evitar o excesso de peso são:

Eliminar bebidas com açúcar, como refrigerantes, sucos e chás. Elas significam um consumo extra de 200 a 400 calorias, segundo um estudo feito na Argentina. O mais indicado é substituí-las por versões sem açúcar ou, melhor ainda, apostar na água para aliviar a sede.

Tomar um bom café da manhã. Segundo pesquisa do Wolfson Medical Center, em Israel, o consumo de uma refeição matutina rica em proteínas e carboidratos ajuda a secretar hormônios que aumentam a saciedade e turbinam a queima de gorduras.

Comer devagar, mastigando bem. Segundo estudo do Hospital Pediátrico de Bristol, na Inglaterra, reservar ao menos 30 minutos para as refeições principais ajuda a comer menos e auxilia na perda de peso e na prevenção do diabetes e de outros problemas.
 

Durma bem

sono é fundamental para uma boa saúde, pois enquanto dormimos o corpo continua trabalhando para assegurar o bom funcionamento do organismo. Alguns benefícios de dormir bem:

Acelera o metabolismo. Segundo pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, dormir menos de seis horas por noite desregula a produção hormonal e aumenta o nível dos hormônios que provocam o apetite e reduzem o nível daqueles que elevam o gasto de energia.

Deixa a pele mais bonita, pois auxilia no combate aos radicais livres, que aceleram o envelhecimento. E melhora o humor, a memória e a capacidade de aprendizado.
 

Controle o colesterol

Estar sempre "de olho" nos níveis de colesterol ajuda a evitar doenças cardíacas, arteriosclerose e muitos outros problemas de saúde. E existem alguns modos acessíveis de fazer isso: 

Trocar alimentos refinados por alimentos integrais, pois têm mais fibras, que auxiliam no controle do colesterol.

Ingerir mais alimentos de cor roxa, como uva, cebola, repolho e alface. A maioria dos alimentos roxos contém antocianina, um corante natural e antioxidante que pode ajudar a evitar o colesterol alto.

Dr. Ademar Lopes - CRM 21092
Vice-Presidente da Fundação Antônio Prudente
Diretor do Departamento de Cirurgia Pélvica
Chefe do Núcleo de Sarcomas

Outras fontes:
<http://vida-estilo.estadao.com.br/noticias/comportamento,caminhar-e-preciso,418811>.

<http://clinicadue2.blogspot.com.br/2011/01/bebidas-comprometem-dieta-metade-das.html>.

<http://www.institutobrasileirodosono.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=96&Itemid=156>.

<http://idmed.terra.com.br/dieta-e-boa-forma/alimentacao-saudavel/conheca-os-beneficios-dos-alimentos-roxos.html>.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Nutrição do paciente após cirurgia de câncer colorretal
Hoje em dia, dietas são bastante populares e geralmente associadas ao emagrecimento. Porém, uma dieta nada mais é que uma readequação alimentar. E para a grande maioria dos pacientes oncológicos, o acompanhamento de um nutricionista é fundamental, antes ou depois de uma cirurgia, durante a...
Jogo da vida saudável
Ter uma vida saudável é um desafio no dia a dia. Bons hábitos alimentares, prática de exercícios físicos e correta hidratação são fundamentais para a saúde e auxiliam na prevenção de diversas doenças, inclusive o câncer. Chame seus amigos e sua família e descubra quem...
Instituições brasileiras criam projeto de capacitação em Oncologia em Moçambique
Grupo de três instituições brasileiras, formado pelo A.C.Camargo Cancer Center, pelo Hospital do Câncer de Barretos e pelo Hospital Albert Einstein, desenvolveu um projeto de capacitação em oncologia voltado para os médicos do Hospital Central de Maputo, capital do país africano. Com 25 milhões de...
Hepatites B e C são o principal fator de risco para câncer de fígado
Para muitos, é automático pensar em doenças do fígado e relacioná-las à cirrose e, consequentemente, ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas. De fato, este é um importante fator de risco para o desenvolvimento de câncer de fígado, assim como a obesidade e o diabetes. A...
Retrospectiva: principais artigos sobre câncer em 2015
Em 2015, o tema "câncer" esteve frequentemente na pauta de grandes jornais, revistas, e foi amplamente pesquisado na Internet. O A.C.Camargo Cancer Center, centro de referência em prevenção, tratamento, ensino e pesquisa do câncer, relembra os artigos mais acessados durante o ano. 10. Temperos e...