Coronavírus: sou cuidador de um paciente com câncer. Como devo proteger a mim e a ele?

Publicado em: 26/03/2020 - 17:03:01
Prevenção
Diagnóstico
Epidemiologia

É importante seguir alguns cuidados especiais para quem faz parte do grupo de risco da Covid-19

O Coronavírus ataca principalmente o sistema respiratório e imunológico, e causa sintomas como tosse seca, febre e, em casos mais graves, dificuldade para respirar.

Fazem parte do grupo de risco (aqueles que são mais vulneráveis ou suscetíveis a contrair o vírus) os idosos, diabéticos, hipertensos, quem possui alguma insuficiência renal ou respiratória crônica, doença vascular e, também, pacientes oncológicos.


O Coronavírus e a atenção dos cuidadores

Aqueles pacientes que necessitam de uma atenção especial, e precisam de cuidadores sempre próximos a eles, devem tomar mais cuidado.

Segundo o Dr. Helano Carioca Freitas, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center, as orientações de etiqueta da tosse e higienização frequente das mãos devem ser seguidas à risca.

Os cuidadores também devem se comprometer com alguns cuidados adicionais, ainda mais para aqueles que compram alimentos e medicamentos fora de casa.

“A atenção dos cuidadores com a higiene deve ser redobrada ao retornar à residência do paciente, higienizando bem as mãos e trocando a roupa ao chegar, antes de ter contato com ele”, aconselha o especialista.

Caso o cuidador apresente algum sintoma gripal, como tosse, febre, dores no corpo e outros, deve imediatamente comunicar o paciente e se autoisolar.

“Recomendamos também que todos os cuidadores se atentem à campanha nacional de vacinação contra a gripe, pois eles podem transmitir o vírus para o paciente e agravar o sistema imunológico do paciente”, diz o Dr. Helano.

Mais Coronavírus:
- Coronavírus: radioterapia e quimioterapia devem ser suspensas?
- Podcast Rádio Cancer Center #8 - Coronavírus e oncologia
- Vídeo: o Coronavírus e a oncologia
- Como manter sua saúde mental em tempos de Coronavírus
- Coronavírus: por que tomar a vacina da gripe é importante
- Coronavírus: é seguro viajar de avião?
- Como se proteger
- Coronavírus e o paciente oncológico

- Nova política para visitas e acompanhantes
- Recomendações importantes
- Dúvidas mais frequentes
- O que é
- Estudo avalia relação do Coronavírus com o câncer

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

A.C.Camargo Cancer Center apresenta cartilha sobre câncer de estômago
Material traz informações sobre tratamento, prevenção, sinais e sintomas da doença De acordo com as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), são esperados 21.290 novos casos de câncer de estômago no Brasil em 2019, dos quais 13.540 são em homens e 7.750 em mulheres...
Tumores ginecológicos além do colo de útero: informe-se e cuide de você!
Os tumores ginecológicos envolvem muito mais do que o câncer de colo de útero, o terceiro mais frequente em mulheres. Estima-se que, em 2020, cerca de 16 mil novos casos de câncer de colo de útero foram diagnosticados no Brasil, assim como 6650 novos casos...
Coronavírus: cuidados necessários para quem toma hormônio contínuo
Paciente não faz parte do grupo de risco e deve ter as mesmas precauções da população geral O novo Coronavírus mudou a rotina de muita gente e é importante estar atento à higienização correta das mãos, à etiqueta da tosse e ao isolamento social. Para...
A bebida alcoólica eleva o risco de um câncer de boca?
A bebida alcoólica pode ser, sim, um fator de risco para o desenvolvimento de um câncer. Essa associação ocorre não apenas para um tumor de cabeça e pescoço, como boca, faringe e laringe. O álcool também pode implicar problemas no esôfago, mama e intestino grosso...
Novembro Azul e a evolução no tratamento sistêmico
Assista ao vídeo e entenda melhor como os avanços têm beneficiado os pacientes Novembro Azul está aí e nunca é demais falar sobre as evoluções no tratamento sistêmico dos tumores urológicos. Os últimos dois anos foram de muitas mudanças. Tais avanços trouxeram novas possibilidades terapêuticas...