Coronavírus: por que tomar a vacina da gripe é importante

Publicado em: 19/03/2020 - 17:03:30
Prevenção
Diagnóstico
Epidemiologia

Campanha nacional de imunização deve proteger os idosos na primeira fase da vacinação

Como forma de prevenir o Coronavírus (Covid-19), a campanha nacional de vacinação contra a gripe – vírus Influenza – será antecipada em todo território nacional.

Pessoas com mais de 60 anos e profissionais da saúde terão prioridade na primeira fase da vacinação, que será em 23 de março.

A partir de 16 de abril, o público-alvo se estende para professores, profissionais das forças de segurança e de salvamento e pacientes com doenças crônicas, como hipertensão, asma, diabetes, entre outras.

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos completos devem se vacinar contra a gripe no dia 9 de maio, dia D da campanha.

Nesta data, a vacinação engloba também toda a população, e grupos como adultos entre 55 e 60 anos incompletos, gestantes, puérperas (aquelas que deram à luz recentemente) e indígenas devem se proteger.

A campanha se estenderá até 23 de maio em todos os postos de saúde do Brasil e toda a população tem de tomar a vacina.


Protege contra o Coronavírus?

A vacina contra a gripe não protege contra o Coronavírus. Mas é uma maneira de resguardar os mais vulneráveis contra doenças respiratórias, que podem impactar o sistema imunológico e favorecer o aparecimento de outras infecções.

“A vacina contra a gripe é muito importante e a antecipação da campanha em um momento de pandemia do Covid-19 se dá para diminuir a incidência de infectados com Influenza. Essas pessoas deixam de procurar os prontos socorros dos hospitais, diminuindo a transmissão e aumentando o diagnóstico preciso do Coronavírus”, diz Dr. Ivan França, head do Departamento de Infectologia e do SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar) do A.C.Camargo Cancer Center.

Segundo o infectologista, o paciente imunocomprometido (ou seja, aquele que possui alguma doença que diminui a imunidade, como o câncer, por exemplo) é prioridade na hora de tomar a vacina.

“Assim como as pessoas que moram com um paciente em tratamento, elas também devem ser vacinadas, pois podem levar a gripe para casa”, alerta.

A recomendação também se estende para pacientes que estão em quimioterapia, radioterapia, pós-operatório ou qualquer outro tipo de tratamento oncológico.

Mais Coronavírus
- Coronavírus: é seguro viajar de avião?
- Como se proteger
- Coronavírus e o paciente oncológico

- Nova política para visitas e acompanhantes
- Recomendações importantes
- Dúvidas mais frequentes
- O que é
- Estudo avalia relação do Coronavírus com o câncer

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

7 entre 10 casos de câncer de Cabeça e Pescoço são diagnosticados em fase avançada da doença, alerta A.C.Camargo Cancer Center
Negligencia dos sintomas e demora no encaminhamento por parte de dentistas, médicos e demais profissionais da saúde são alguns dos fatores que retardam o diagnóstico de tumores na região de Cabeça e Pescoço Os tumores de cabeça e pescoço, segundo o Globocan 2012, levantamento da...
Podcast Rádio Cancer Center #38 - O Cuidado com o Câncer de Cólon e Reto em Tempos de Covid-19
O câncer de cólon e reto é muito comum no Brasil. Sem contar os tumores de pele não melanoma, ele é o segundo mais comum entre os homens, com previsão de 20.540 novos casos para 2020, de acordo com o INCA, e também é o...
Covid-19: nova política de visitas para os pacientes internados
Com o objetivo de aumentar a segurança dos nossos pacientes e conter o avanço do novo Coronavírus, a política de visitas aos pacientes internados mudou UTIs Unidades Antônio Prudente e Tamandaré - Quando a visita for para um paciente com suspeita ou confirmação de Covid-19...
Tabagismo: saiba o que o cigarro faz com seu corpo
O tabagismo é diretamente responsável por 80% das mortes por câncer de pulmão e 30% das mortes por outros tipos de tumores. Casos como boca, faringe, laringe, pâncreas, estômago, bexiga, intestino, entre outros. Além disso, o tabaco está ligado a cerca de 50 outros diferentes...
A.C.Camargo ajuda a definir condutas oncológicas nacionais e internacionais na era da Covid-19
Médicos participaram da elaboração de diretrizes em especialidades como cirurgia oncológica, tumores urológicos, gastrointestinais e de cabeça e pescoço A Covid-19 requer que todas as orientações médicas sejam respeitadas. Assim como o câncer, cujo tratamento não pode ser modificado ou abandonado por vontade própria –...