Coronavírus: cuidados necessários para quem toma hormônio contínuo

Publicado em: 27/03/2020 - 10:03:06

Paciente não faz parte do grupo de risco e deve ter as mesmas precauções da população geral

O novo Coronavírus mudou a rotina de muita gente e é importante estar atento à higienização correta das mãos, à etiqueta da tosse e ao isolamento social.

Para pacientes oncológicos, o cuidado deve ser redobrado, considerando que alguns tratamentos, muitas vezes, podem afetar o sistema imunológico e deixar o organismo mais suscetível à Covid-19.

O que não é o caso da hormonioterapia.


Coronavírus e hormônios

Para aqueles que fazem uso de hormônio contínuo, as precauções contra a Covid-19 são as mesmas para a população em geral.

"Pacientes que recebem hormonioterapia, geralmente, têm baixo risco de apresentar imunossupressão, que é a queda de imunidade. Portanto, eles acabam menos vulneráveis a infecções em relação a quem recebe quimioterapia", explica o Dr. Helano Carioca Freire, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center.

Nem por isso o paciente deve se descuidar. As orientações de higiene das mãos e etiqueta da tosse, além do isolamento social, devem ser mantidas para esse tipo de público.

Confira algumas situações que o paciente deve evitar:
- Aglomerações e ambientes fechados
- O cumprimento com apertos de mão, beijos e abraços, mesmo nos médicos e outros profissionais de saúde 
- Visitas desnecessárias
- Acompanhantes que apresentem sintomas de gripe ou suspeita de Coronavírus – é importante que seja apenas um acompanhante.

Mais Coronavírus:
- Coronavírus: como proteger cuidadores e pacientes com câncer
- Coronavírus: radioterapia e quimioterapia devem ser suspensas?
- Podcast Rádio Cancer Center #8 - Coronavírus e oncologia
- Vídeo: o Coronavírus e a oncologia
- Como manter sua saúde mental em tempos de Coronavírus
- Coronavírus: por que tomar a vacina da gripe é importante
- Coronavírus: é seguro viajar de avião?
- Como se proteger
- Coronavírus e o paciente oncológico

- Nova política para visitas e acompanhantes
- Recomendações importantes
- Dúvidas mais frequentes
- O que é
- Estudo avalia relação do Coronavírus com o câncer

Veja também

A mamografia e o tumor de intervalo: entenda a relação
Em 5 de fevereiro, comemoramos o Dia Nacional da Mamografia. Esta data precisa mesmo ser comemorada, pois a mamografia é o exame capaz de diagnosticar o câncer de mama em seus estágios iniciais e salvar vidas de mulheres. O câncer de mama está em primeiro...
O papel do enfermeiro navegador e seu impacto na jornada oncológica
Durante a jornada oncológica, pacientes do A.C.Camargo Cancer Center podem contar com a expertise dos enfermeiros navegadores. São profissionais altamente especializados em oncologia que atuam como um elo entre o paciente e todas as equipes (assistenciais e administrativas), desenvolvendo um trabalho fundamental para melhorar os...
"O homem não pode se descuidar de jeito nenhum!"
Sou Carlos Levy, tenho 75 anos, funcionário público aposentado e pai de cinco filhos. Também sou avô dos meus quatro queridos netos e casado com o amor da minha vida, Amália. Desde meus 50 anos tenho um compromisso comigo mesmo: fazer meus exames periódicos. Sigo...
15 de setembro - Dia mundial de conscientização sobre linfomas
Como se prevenir deles? Indo ao médico assim que perceber os sintomas. Então apareceu um gânglio diferente no pescoço, ou na axila, ou na virilha, que não dói, mas você sente extremo cansaço, febre, está suando à noite e também perdendo peso sem razão aparente...
15/09 - Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas
A conversa de hoje é sobre linfomas. Entre os 10 tipos de câncer mais frequentes na população brasileira está o linfoma, que é caracterizado pelo aumento de um gânglio linfático, causando um "inchaço" no local. Existe até um Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas, que...