Congresso internacional do A.C.Camargo discutirá convergência no tratamento do câncer

Publicado em: 22/03/2019 - 13:03:40
Institucional
Tratamento
Eventos

De 16 a 18 de maio, especialistas nacionais e internacionais irão trazer os mais recentes avanços da oncologia para o Brasil

O Next Frontiers to Cure Cancer, congresso científico que reúne anualmente em São Paulo especialistas das principais instituições oncológicas internacionais e nacionais, escolheu este ano Convergência – O Futuro da Oncologia como tema central de seus debates. Organizado pelo A.C.Camargo Cancer Center o encontro promoverá um amplo debate sobre as experiências mais atuais e inovadoras sob esse novo conceito que integra conhecimentos de diferentes áreas em benefício do paciente oncológico. Ao todo, mais de 200 palestrantes do Brasil, Canadá, Estados Unidos, França e Israel vão mostrar como as Ciências Exatas têm contribuído para a busca de soluções ao se integrar com as Ciências da Vida. São esperados dois mil inscritos nesta 4ª edição do evento, de 16 a 18 de maio no WTC, em São Paulo. As inscrições e o envio dos trabalhos podem ser feitos até 16 de abril pelo site http://nextfrontiers.com.br/

“A inteligência artificial, o Big Data, os novos modelos computacionais e seu uso no tratamento oncológico estarão no centro dos debates”, afirma o cirurgião oncológico Ademar Lopes, vice-presidente do A.C.Camargo e presidente do Congresso. Para ele, a Convergência deve representar uma revolução na ciência. “Em Oncologia, a Convergência se anuncia como uma poderosa abordagem, que deve mudar os rumos do tratamento do câncer”, vislumbra.

A programação terá início no dia 16 de maio com o Pre-Annual Meeting, que terá salas simultâneas discutindo avaliação de resposta tumoral, avanços em carcinoma renal, conceitos atuais e fundamentais da Oncologia Molecular, câncer em adolescentes e adultos, oncogeriatria, manejo multidisciplinar da paciente com câncer de mama, tumores neuroendócrinos e tumores vasculares. Já nos dias 17 e 18, o Next Frontiers contará com salas simultâneas voltadas para Ginecologia, Inovações Tecnológicas, Pesquisa Básica e Translacional, Mastologia, Músculo Esquelético, TGI alto, TGI baixo e Urologia. 

O destaque da programação do Next Frontiers to Cure Cancer fica por conta da conferência magna do bioquímico Yosef Yarden, do Departamento de Regulação Biológica do Weizmann Institute of Science, de Israel. Yosef traçará o cenário atual da Oncologia, com olhos para o futuro, incluindo a potencial contribuição da Convergência para beneficiar o paciente oncológico.  

Dentre os exemplos práticos da contribuição da Convergência, a química brasileira Lívia Eberlin, da University of Texas, falará como desenvolveu a caneta que toca o tecido tumoral e é capaz de identificar células tumorais em poucos segundos. Trata-se da MasSpec Pen que, conectada a um espectrômetro de massa, analisa a massa do tecido, como se tirasse a impressão digital do tumor. Seus resultados estão publicados na Science Translational Medicine, e ainda venceu um Prêmio da MacArthur Foundation.  

Dentre os convidados internacionais confirmados estão a cirurgiã oncológica especializada em sarcomas e tumores abdominais, Sylvie Bonvalot e a biopatologista, especialista em genética molecular e celular em Oncologia, Anne Vincente-Salomon, ambas do Institute Curie (França); o biólogo, especialista em heterogeneidade tumoral e medicina de precisão do Mount Sinai Health System (EUA), Paz Polak; o cirurgião oncológico do departamento de Ginecologia do Chefarzt bei Marienhospital  Bottrop  (Alemanha), Hans-Christian Kolberg; o oncologista, especializado em tumores geniturinários, do City of Hope Comprehensive Cancer Center (EUA), Sumantha Pal e também o oncologista geniturinário Eric Jonasch, do MD Anderson Cancer Center

Parceiro do A.C.Camargo, o Princess Margaret Cancer Center, do Canadá, estará representado na programação por nomes como Tracy Mcgaha, cientista sênior focado em estudos sobre resposta imunológica do paciente oncológico; Thomas Kislinger, cientista sênior, bioquímico, focado em biologia tumoral, espectometria de massas e proteômica; Hanse He, cientista responsável pelo laboratório de regulação epigenética no desenvolvimento do câncer e Eitan Amir, oncologista clínico com atuação no desenvolvimento e avaliação da toxidade de medicamentos contra câncer de mama. Da América do Sul, o especialista em tumores urológicos, Ignácio Pablo Tobia e o cirurgião de tumores abdominais que falará sobre câncer de via biliar, Juan Pekolj, ambos do Hospital Italiano na Argentina, assim como Francisco Lopes-Kostner, da Clínica Las Condes, do Chile, especializado em câncer colorretal. 

Para conferir a programação na íntegra, acesse o site oficial: http://nextfrontiers.com.br/

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Edital residência médica 2020
O A.C.Camargo Cancer Center inicia as inscrições para o programa de residência médica com início em 2020. Fique atento: os processos seletivos são feitos pelo própria A.C.Camargo ou pelo Sistema Único de Saúde de São Paulo (SUS-SP), a depender da especialidade. Processo seletivo A.C.Camargo Especialidade...
Transplante de medula óssea para tratamento contra o câncer de testículo
O câncer de testículo é o tumor sólido mais comum em homens entre os 15 e 35 anos de idade, embora seja responsável por apenas 1% de todos os cânceres em homens quando não se leva em conta a idade. Existem diversos tipos de tumores...
Mitos & verdades sobre o Câncer de Próstata
Câncer de próstata é uma doença só de idosos? Mito. A doença costuma aparecer em homens mais velhos, mas pode ser diagnosticada a partir dos 40 anos. Se um homem da minha família já teve câncer de próstata, tenho mais chance de ter? Verdade. Quanto...
Exame de sangue oculto nas fezes
Simples, barato e não invasivo, este procedimento é importante para ajudar na detecção precoce do câncer colorretal O exame de sangue oculto nas fezes é uma forma muito eficiente para ajudar na detecção precoce de câncer colorretal, pois avalia a presença de pequenas quantidades de...
Cientistas do A.C.Camargo avaliam impacto que “air gaps” podem causar na eficácia da braquiterapia
Publicado na Brachytherapy, revista científica da Sociedade Americana de Braquiterapia, estudo explica que eventuais bolhas de ar surgem ao redor do aplicador cilíndrico durante o tratamento – algo que o uso da tomografia para planejamento é capaz de minimizar A braquiterapia desempenha um papel importante...