Jovem morena sentada no chão se preparando para ioga

Atividade física e câncer: preparação pré-cirúrgica traz inúmeras vantagens aos pacientes

Publicado em: 06/04/2021 - 12:04:04
Tratamento
Reabilitação
Cirurgia
Tumores do Aparelho Digestivo Alto
Fígado
Pâncreas
Estômago
Esôfago
Linha Fina

Condicionamento orgânico ajuda a reduzir o risco de eventuais complicações e o tempo de internação, além de facilitar a reabilitação de quem opera órgãos como o fígado, o esôfago e o estômago 

Atividade física e câncer. Nem todos sabem, mas o bom condicionamento físico pode contribuir de forma significativa para o sucesso de uma cirurgia de tumores no aparelho digestivo alto – por exemplo, no fígado, pâncreas, esôfago e estômago.

Essa já é uma recomendação praticada pelo grupo de Cirurgia Abdominal do A.C.Camargo e em grandes Cancer Centers mundo afora. 

Segundo o Dr. Felipe Coimbra, cirurgião oncológico e líder do Centro de Referência em Tumores do Aparelho Digestivo Alto do A.C.Camargo, é muito importante este preparo muscular, nutricional, cardiológico e respiratório antes da cirurgia.

“A chamada pré-habilitação é essencial sobretudo para os pacientes mais idosos. Uma vez condicionada, a pessoa suporta melhor a cirurgia e tem uma recuperação mais rápida”, explica o Dr. Felipe. 

Ou seja, diminui-se o tempo de internação, eventuais complicações e mortalidade, entre outras vantagens.


Atividade física e câncer: a preparação para a cirurgia

A chamada pré-habilitação funciona com lógica parecida à de quem vai se preparar para uma corrida, por exemplo, pois leva em conta aspectos multidisciplinares, além de visar afastar os maus hábitos, como o tabagismo e a bebida alcoólica.

“A gente orienta a fazer caminhada, procurar uma academia, realizar exercícios respiratórios, além de avaliações pelas equipes de fisioterapia e nutrição. É uma avaliação geral, com suporte nutricional, motor, físico e psicológico”, afirma o médico.

“O objetivo é que após o tratamento oncológico, o paciente ganhe qualidade de vida e fique, se possível, numa condição mais saudável do que era antes”, complementa o médico.


Cirurgias em tempos de Covid-19

Muitas vezes, essas cirurgias em tumores do aparelho digestivo alto são realizadas após tratamento com quimioterapia, por exemplo – que pode durar poucas semanas ou mesmo alguns meses, períodos em que acontecem esse condicionamento físico. 

Ademais, mesmo nos casos em que a cirurgia deve ser realizada primeiro, normalmente ainda é possível uma boa orientação e um preparo inicial para a cirurgia.

Quanto ao preparo nos dias atuais, além de todos os cuidados com o uso correto das máscaras, a lavagem das mãos e a vacinação (se disponível), recomenda-se o isolamento social rigoroso nas semanas que antecedem a cirurgia e a testagem para a Covid-19, alguns dias antes do procedimento. 

Já nos casos em que a pessoa é diagnosticada com a Covid-19, para as cirurgias não emergenciais, ela tem de esperar cerca de seis semanas para a realização do procedimento. 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Radioterapia: A.C Camargo conta com novo Acelerador Linear que reduz tempo de tratamento e potencializa cirurgias de tumores mamários
Os pacientes que necessitam de radioterapia do A.C.Camargo Cancer Center logo poderão contar com novo equipamento de última geração, que foi adquirido para integrar conjunto de aparelhos do seu parque tecnológico. O novo Acelerador Linear (AL) Elekta Versa HD tem a capacidade de aumentar a...
Dia Mundial da Saúde Mental
Comemorado em 10 de outubro, o Dia Mundial da Saúde Mental foi instituído em 1992 pela Federação Mundial de Saúde Mental, com o objetivo de chamar atenção pública para o assunto, que ainda é um tabu na sociedade. Para as pacientes com câncer de mama...
Coronavírus e os cuidados necessários com a traqueostomia
Pacientes traqueostomizados devem manter algumas precauções específicas Com a pandemia do novo Coronavírus, o paciente traqueostomizado precisa de cuidados que vão além daqueles de rotina. Quando um paciente tem um câncer que dificulta a passagem de ar para os pulmões, como um tumor na garganta...
Anemia: o doce bolo de feijão que a combate
Assista ao vídeo e, em 1 minuto e meio, aprenda esta inusitada receita que reforça o ferro no organismo Anemia, um efeito colateral conhecido dos pacientes oncológicos, que, durante o tratamento, muitas vezes passam a apresentar deficiência de ferro (esta é a causa que leva...
Vídeo: avanços no combate ao câncer colorretal metastático
Novos medicamentos auxiliam no aumento da sobrevida Recentemente, o câncer colorretal metastático tem sido melhor combatido, o que garantiu um aumento de sobrevida entre os pacientes. Novos medicamentos foram incorporados ao tratamento e foram associados a diferentes tipos de drogas. Assista ao vídeo e entenda...