Jovem morena sentada no chão se preparando para ioga

Atividade física e câncer: preparação pré-cirúrgica traz inúmeras vantagens aos pacientes

Publicado em: 06/04/2021 - 12:04:04
Tratamento
Reabilitação
Cirurgia
Tumores do Aparelho Digestivo Alto
Fígado
Pâncreas
Estômago
Esôfago
Linha Fina

Condicionamento orgânico ajuda a reduzir o risco de eventuais complicações e o tempo de internação, além de facilitar a reabilitação de quem opera órgãos como o fígado, o esôfago e o estômago 

Atividade física e câncer. Nem todos sabem, mas o bom condicionamento físico pode contribuir de forma significativa para o sucesso de uma cirurgia de tumores no aparelho digestivo alto – por exemplo, no fígado, pâncreas, esôfago e estômago.

Essa já é uma recomendação praticada pelo grupo de Cirurgia Abdominal do A.C.Camargo e em grandes Cancer Centers mundo afora. 

Segundo o Dr. Felipe Coimbra, cirurgião oncológico e líder do Centro de Referência em Tumores do Aparelho Digestivo Alto do A.C.Camargo, é muito importante este preparo muscular, nutricional, cardiológico e respiratório antes da cirurgia.

“A chamada pré-habilitação é essencial sobretudo para os pacientes mais idosos. Uma vez condicionada, a pessoa suporta melhor a cirurgia e tem uma recuperação mais rápida”, explica o Dr. Felipe. 

Ou seja, diminui-se o tempo de internação, eventuais complicações e mortalidade, entre outras vantagens.


Atividade física e câncer: a preparação para a cirurgia

A chamada pré-habilitação funciona com lógica parecida à de quem vai se preparar para uma corrida, por exemplo, pois leva em conta aspectos multidisciplinares, além de visar afastar os maus hábitos, como o tabagismo e a bebida alcoólica.

“A gente orienta a fazer caminhada, procurar uma academia, realizar exercícios respiratórios, além de avaliações pelas equipes de fisioterapia e nutrição. É uma avaliação geral, com suporte nutricional, motor, físico e psicológico”, afirma o médico.

“O objetivo é que após o tratamento oncológico, o paciente ganhe qualidade de vida e fique, se possível, numa condição mais saudável do que era antes”, complementa o médico.


Cirurgias em tempos de Covid-19

Muitas vezes, essas cirurgias em tumores do aparelho digestivo alto são realizadas após tratamento com quimioterapia, por exemplo – que pode durar poucas semanas ou mesmo alguns meses, períodos em que acontecem esse condicionamento físico. 

Ademais, mesmo nos casos em que a cirurgia deve ser realizada primeiro, normalmente ainda é possível uma boa orientação e um preparo inicial para a cirurgia.

Quanto ao preparo nos dias atuais, além de todos os cuidados com o uso correto das máscaras, a lavagem das mãos e a vacinação (se disponível), recomenda-se o isolamento social rigoroso nas semanas que antecedem a cirurgia e a testagem para a Covid-19, alguns dias antes do procedimento. 

Já nos casos em que a pessoa é diagnosticada com a Covid-19, para as cirurgias não emergenciais, ela tem de esperar cerca de seis semanas para a realização do procedimento. 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Everolimo pode oferecer controle prolongado em pacientes com tumores neuroendócrinos
Publicado no Journal of Gastrointestinal Oncology, estudo sugere que medicamento atuaria quando esse raro tipo de câncer atinge o pâncreas de forma metastática Tumores neuroendócrinos pancreáticos metastáticos (pNETs) costumam ser tratados com everolimo, um inibidor oral da via mTOR, ou com sunitinibe, um medicamento antiangiogênico...
Vídeo: o papel da radioterapia em tumores cerebrais
A definição do melhor tratamento para um tumor cerebral depende de uma série de fatores: tipo de tumor, número de lesões, estado geral do paciente, entre outros aspectos. O mais importante é que a decisão seja tomada por uma equipe multidisciplinar. Entre as alternativas disponíveis...
Um cisto no ovário pode estar relacionado a um câncer?
Cisto no ovário, uma preocupação que pode surgir entre algumas mulheres. Os ovários são órgãos responsáveis pela produção dos hormônios sexuais femininos e pelo armazenamento dos óvulos. São duas glândulas localizadas na cavidade pélvica da mulher, com formato parecido ao de uma amêndoa. A partir...
Videolaparoscopia: procedimento é utilizado em cerca de 60% dos casos de câncer na região abdominal no A.C.Camargo Cancer Center
No tratamento de tumores abdominais, o principal método terapêutico é a cirurgia, que pode ser realizada por um equipamento minimamente invasivo chamado laparoscopia. Utilizada em casos de câncer de estômago, fígado, pâncreas, entre outros, ficou conhecida principalmente por atuar na remoção da vesícula biliar. Entre...
A.C.Camargo lança série de vídeos sobre tumores ginecológicos
Saiba mais sobre cânceres de colo de útero, endométrio, ovário e vulva Durante março, o mês da mulher, o A.C.Camargo lança uma série de 16 vídeos sobre os cânceres de colo de útero, endométrio, ovário e vulva. Até o fim do mês será lançado um...