A.C.Camargo Cancer Center aposta no inusitado para afastar adolescentes do desejo de fumar

Publicado em: 28/08/2016 - 21:08:00
Release

Na próxima segunda, 29 - Dia Nacional de Combate ao Fumo - o A.C.Camargo Cancer Center inicia campanha para alertar adolescentes sobre os malefícios do consumo de tabaco, cigarro eletrônico e narguilé. Haverá veiculação de quatro vídeos, apoio de influenciadores em mídias sociais e palestras educativas com especialistas do Núcleo de Pulmão e Tórax em escolas particulares e públicas de São Paulo. Campanha vai se estender ao longo de setembro
 
Medidas antifumo como a proibição da propaganda e realização de campanhas de conscientização sobre os males do tabagismo foram responsáveis pela importante redução da prevalência de fumantes no Brasil. Dados do Ministério da Saúde apontam que cerca de 15% da população é fumante - menos da metade em relação há duas décadas. Apesar desse avanço, o cerco ao tabagismo - principal fator de risco para o desenvolvimento de câncer - precisa ser mantido, por exemplo, com campanhas de conscientização juntos a crianças e adolescentes, público-alvo não só do cigarro como também do narguilé e cigarro eletrônico.

Um estudo realizado pelo Ministério da Saúde e publicado esse ano na Revista de Saúde Pública - http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4767033/ - avaliou a prevalência do tabagismo entre os jovens. Foram entrevistados meninos e meninas de 12 a 17 anos de municípios com mais de 100 mil habitantes. Ao todo, participaram 74.589 adolescentes; dentre esses, 18,5% fumaram pelo menos uma vez na vida, 5,7% fumavam no momento da pesquisa e 2,5% fumavam com frequência. As maiores prevalências foram observadas na região Sul e as menores na região Nordeste. "Os jovens são hoje o principal alvo da indústria tabagista e conscientizá-los é fundamental. Mantê-los afastados do cigarro é uma estratégia que resultará, no futuro, em menor incidência e mortalidade por câncer de pulmão e outros tumores", destaca o cirurgião oncologista e diretor do Núcleo de Pulmão e Tórax do A.C.Camargo, Jefferson Luiz Gross.

A CAMPANHA - Terá início na segunda, 29 - data em que é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Fumo -  campanha voltada ao público de 12 a 18 anos que utiliza uma linguagem bem-humorada para comparar o cigarro a situações repugnantes. Segundo o Superintendente de Negócios do A.C.Camargo Cancer Center, José Marcelo Amatuzzi de Oliveira, a estratégia da campanha é remeter a elementos do cotidiano dos jovens e expor o cigarro como algo que está fora de um contexto de normalidade, trazendo a reflexão dos jovens para esse tema. Luciana Cardoso, diretora de criação da J. Walter Thompson, afirma que a ideia é impactar os adolescentes bem cedo, para que eles não comecem a fumar.

Para difusão dessas mensagens, foram produzidos quatro vídeos que serão veiculados nas mídias sociais  como Facebook, Instagram e Snapchat. Em um deles, um garoto, segurando o seu skate começa a lamber as rodinhas. Aí surge a mensagem: "Em vez de fumar um cigarro, por que você não lambe uma rodinha? Rodinha: aquele resto de asfalto e mais centenas de bactérias. Cigarro: coisas que você encontra em armas nucleares e mais 4 mil toxinas. Não fume. Nem lamba rodinhas". A campanha contará com a participação de influenciadores como Rafael Moreira e Bibi Tatto.

PALESTRAS EM ESCOLAS - A campanha será ambientada também em Escolas particulares e públicas de São Paulo. Palestras educativas com a equipe de especialistas do A.C.Camargo no tema e outras atividades estão previstas para acontecer no Colégio Santo Agostinho, na Liberdade e nas unidades do Butantã e Morumbi da Escola da Vila. Ao longo de setembro, a ação estará presente em outras unidades de ensino, dentre elas as Escolas Estaduais Presidente Roosevelt, na Liberdade e Lasar Segall, na Vila Mariana. Haverá a colocação de cartazes e distribuição de adesivos e samplings.

O tabagismo é responsável direto por cerca de 90% dos casos de câncer de pulmão e está relacionado a mais de uma dezena de tipos de câncer, dentre eles esôfago, estômago, pâncreas, rim, bexiga, boca, laringe, faringe, garganta e mama. Há relação comprovada também com o desenvolvimento de outras doenças, como enfisema e bronquite.

Sobre o A.C.Camargo Cancer Center -  Fundado em 1953 e referência internacional em oncologia, o A.C.Camargo Cancer Center atua na prevenção, tratamento, ensino e pesquisa do câncer. Com serviços de assistência oncológica para a Saúde Suplementar e para o Sistema Único de Saúde (SUS), é uma Instituição privada sem fins lucrativos, mantida pela Fundação Antonio Prudente, um modelo sustentável que combina atuação social e geração de valor.

Em 2015, realizou mais de 3,7 milhões de atendimentos, 62% deles dedicados aos pacientes do SUS. Sua infraestrutura dispõe de rede com 480 leitos hospitalares, serviços de cirurgia oncológica e robótica, radioterapia, quimioterapia, anatomia patológica e diagnóstico por imagem. Sua equipe é composta por aproximadamente 5 mil profissionais, entre eles mais de 650 médicos, equipe especialista multidisciplinar, enfermeiros e nutricionistas.

A formação de especialistas e disseminação do conhecimento científico estão na essência do A.C.Camargo desde o início de sua história. Em 1953, criou o primeiro e maior Programa de Residência Médica em Oncologia do país com mais de mil especialistas formados ao longo de seis décadas. Seu Programa de Pós-graduação, iniciado em 1997, já formou 579 mestres e doutores. Em 1987, foi pioneiro na implantação da primeira escola hospitalar, a Escola Especializada Schwester Heine, para dar continuidade aos estudos das crianças e adolescentes em tratamento.

O A.C.Camargo ocupa o primeiro lugar no ranking mundial do SCIMAGO entre as instituições de saúde brasileiras que mais publicam nas revistas científicas de maior influência e impacto. Em 2015 esse trabalho resultou em 168 artigos publicados.

Possui também certificações e acreditações para os programas de qualidade e segurança assistencial, governança e gestão ambiental, sendo as mais importantes Acreditação ONA nível III - Excelência, Certificação Qmentum International - Padrão Diamante - pelo Canadian Council on Health Services Accreditation e Certificação ISO 14001 pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini.

Facebook: http://www.facebook.com/accamargocancercenter
Twitter: http://www.twitter.com/haccamargo
Google+: https://plus.google.com/+ACCamargoCancerCenter
Youtube: http://www.youtube.com/accamargovideos
LinkedIn: http://www.linkedin.com/company/accamargo
Instagram: https://instagram.com/accamargocancercenter/



 

Veja também

Imunoterapia prolonga a sobrevida de pacientes com câncer de rim
A combinação de dois medicamentos imunoterápicos leva a uma taxa de resposta superior a 40% para pacientes com carcinomas de células claras, o tipo mais comum de câncer renal- um resultado sem precedente na história do combate à doença. Estudo que levou à aprovação por...
Uso de ômega 3, probióticos e glutamina em pacientes oncológicos é pauta em painel de Nutrição de Congresso promovido pelo A.C.Camargo Cancer Center
Quando indicar a suplementação de Ômega 3, probiótico e glutamina para um paciente com diagnóstico de câncer? Quais são os riscos e benefícios? Suplementação in natura, em pó ou por comprimidos? Essas são as principais questões que estarão em discussão no Painel de Nutrição do...
A.C.Camargo Cancer Center constitui Scientific Advisory Board com notáveis da ciência mundial
Líder na produção científica em Oncologia no Brasil, o A.C.Camargo Cancer Center anuncia a formação de seu novo Conselho Consultivo Científico, composto por renomados cientistas do cenário internacional nas áreas de epidemiologia, cirurgia, tratamento oncológico, genética e biologia celular. O brasileiro Prof. Eduardo Franco, chairman...
Estudo do A.C.Camargo Cancer Center aponta evolução na sobrevida de pacientes com metástase cerebral
A implementação e difusão de uma técnica de radioterapia cranial focal precisa que possibilita administração de uma alta dose de radiação restrita à lesão em fração única (radiocirurgia) ou poucas frações (radioterapia estereotática fracionada), assim como o aumento das opções de tratamento sistêmico (novas classes...
Patologistas se reúnem em SP para debater marcadores que auxiliam no diagnóstico e tratamento de tumores ginecológicos
De 25 a 27 de fevereiro, Jornada de Patologia abordará a atual classificação de câncer de ovário, colo do útero, endométrio, vulva e vagina e a busca por alvos moleculares que possibilitem diagnosticar a doença em fase inicial e orientar as estratégias terapêuticas. Dentre os...