Ação no Metrô reforça a contribuição da alimentação saudável para prevenção do câncer de intestino e reto

Publicado em: 21/03/2016 - 21:03:00

Responsável por um terço dos 34 mil novos casos de câncer de intestino grosso e reto (colorretal) estimados para 2016, São Paulo registra a maior incidência da doença entre todos os estados brasileiros. O câncer colorretal é o segundo mais comum em mulheres e o terceiro em homens no Brasil. Pensando nisso, em alusão ao movimento global de conscientização sobre a doença, o A.C.Camargo levará especialistas para a Estação Paulista, do Metrô, nos dias 23 e 24 de março. Das 9h às 16h30, o público será orientado sobre a importância da adoção de hábitos de vida saudáveis e de uma alimentação equilibrada e receberá orientações referentes à colonoscopia e outros exames para prevenção e diagnóstico precoce da doença.

Um dos objetivos da Organização Mundial da Saúde ao divulgar o relatório de novos casos de câncer (Globocan 2012) por meio da Agência Internacional para Pesquisa de Câncer (IARC) foi alertar a sociedade para a crescente incidência de câncer colorretal (intestino grosso e reto), registrada principalmente nos países mais desenvolvidos. A doença é o terceiro tipo mais comum de câncer em homens (746 mil novos casos/ano) e o segundo em mulheres (614 mil novos casos ano). Esta alta incidência, mostram os números do IARC, está associada a hábitos de vida que priorizam o consumo de alimentos industrializados, como a elevada ingestão de carne vermelha e embutidos, além de associação com fatores de risco como sedentarismo e obesidade. 

Inserido neste cenário, está o Estado de São Paulo, com maior ênfase à Capital. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA) são estimados para 2016 cerca de 11.600 novos casos de câncer colorretal em São Paulo (cerca de 4 mil apenas na Capital), representando sozinho um terço dos 34 mil novos casos esperados para todos os Estados brasileiros. Com base nesses números, o A.C.Camargo Cancer Center, em alusão ao mês de conscientização mundial sobre o câncer colorretal, promoverá uma ação com foco em prevenção e diagnóstico precoce da doença nos dias 23 e 24 de março, das 9 às 16h30. A atividade acontecerá na Estação Paulista - linha amarela do Metrô - na qual o público receberá, por meio da presença de especialistas da Instituição, dicas de como adotar uma alimentação equilibrada e adquirir outros hábitos de vida saudáveis. O público será orientado também sobre a importância de ir ao médico regularmente e de realizar, quando indicado, os exames de diagnóstico, como a colonoscopia, por exemplo.

O tema da ação é "Escolha novos caminhos, trace uma rota mais saudável", cujo objetivo é alertar a população que circula em meio ao caos da maior metrópole do país - envolvida em afazeres da vida urbana e que nem sempre conseguem privilegiar hábitos de vida saudáveis - sobre as medidas diárias capazes de auxiliar na prevenção desta doença de alta incidência. "O Brasil apresenta de uns anos para cá um perfil de saúde parecido com o dos países desenvolvidos. Isso, inclusive, é acentuado em São Paulo e no Rio de Janeiro, que reúnem a maior prevalência do país, com cerca de 30 casos para cada 100 mil habitantes", diz Samuel Aguiar Junior, cirurgião oncologista e diretor do Núcleo de Tumores Colorretais do A.C.Camargo Cancer Center.

Convidando o público para uma pausa e para uma reflexão sobre os seus hábitos de vida, o A.C.Camargo contará com uma instalação que vai simular uma quitanda em frente à entrada do Metrô Paulista, na Rua da Consolação. No local, será montada uma horta vertical com placas informativas sobre os alimentos que possuem propriedades que auxiliam na prevenção da doença e orientações sobre a importância da colonoscopia e de outros exames para prevenção e diagnóstico precoce do câncer colorretal. "A mensagem que queremos transmitir é de que é possível, apesar da correria do dia a dia, fazer escolhas saudáveis", explica o Superintendente de Negócios do A.C.Camargo, José Marcelo Amatuzzi de Oliveira. 

O público poderá conhecer também o caminho pelo qual o alimento percorre no organismo por meio de vídeo com duração de 3 minutos que será exibido em looping em telão montado no estande. Em formato de animação, a produção está disponível no canal oficial do A.C.Camargo no YouTube. O local disponibilizará também dois totens com aparelhos de iPad, no qual o visitante poderá realizar um cadastro para receber no celular mensagens via whatsapp sobre vida saudável entre 23 de março e 6 de abril.
 
Atenção aos fatores de risco e sintomas - Os principais fatores de risco associados ao desenvolvimento de câncer colorretal são história familiar, dieta com alta ingestão de carne vermelha, gordura e alimentos industrializados, consumo excessivo de álcool e o sedentarismo. Em 90% dos casos, esse tipo de câncer se origina a partir de um pólipo adenomatoso. Pólipos são lesões na superfície interna do tubo digestivo que crescem nas paredes do intestino grosso. Nem todos os indivíduos que têm pólipos irão desenvolver o câncer. No entanto, a remoção dos pólipos potencialmente cancerosos (adenomas) reduz consideravelmente o risco de câncer colorretal. 

Os especialistas ressaltam também a importância de se estar atento aos sintomas e, na existência deles, consultar um médico especialista: alteração do ritmo intestinal (maior ou menor intervalo de idas ao banheiro do que o habitual); dores abdominais; presença de sangue nas fezes e dor ao evacuar;

Como se dá a indicação de exames? - Como estratégia de rastreamento de câncer colorretal, recomenda-se realizar o exame de colonoscopia periodicamente por todas as pessoas acima dos 50 anos, idade em que estão mais sujeitas ao câncer e aos pólipos intestinais. A colonoscopia permite a avaliação da mucosa do intestino grosso e também a coleta do material para biópsia. Outro procedimento, o exame de sangue oculto nas fezes, é um método não invasivo e funciona como uma "pré-seleção" de risco, sendo que sua finalidade é identificar a possível existência de sangue nas fezes e se isso está associado ou não ao câncer de intestino, o que permite estabelecer se o paciente precisa se submeter a outro procedimento mais específico. 

Com base nos sintomas e fatores de risco os especialistas recomendam: 

EVITAR

- O consumo de cigarro e álcool; 
- Enlatados, embutidos e alimentos defumados;
- Alimentos com corantes e conservantes; 
- Alimentos ricos em gordura; 
- O consumo excessivo de carne vermelha.


PRATICAR

- Exercícios físicos regularmente; 
- Uma dieta rica em fibras; 
- O consumo regular de legumes, frutas e verduras; 
- O hábito de beber muita água diariamente; 
- Atitudes que promovam o bem estar.
 

Sobre o A.C.Camargo Cancer Center - Fundado em 1953 e referência internacional em oncologia, o A.C.Camargo Cancer Center atua na prevenção e tratamento de pacientes, no ensino a médicos e profissionais da saúde, na pesquisa básica a translacional.

Com serviços de assistência oncológica para a Saúde Suplementar e para o Sistema Único de Saúde é uma Instituição privada sem fins lucrativos, mantida pela Fundação Antonio Prudente, um modelo sustentável que combina atuação social e geração de valor.

Para realizar sua missão de combater o câncer paciente a paciente, oferece assistência oncológica ampla, multidisciplinar e integrada. Sua equipe é composta por aproximadamente 5 mil profissionais que inclui mais de 650 médicos, equipe especialista multidisciplinar, enfermeiros e nutricionistas. As práticas da oncologia baseada em evidências e diretrizes diagnósticas e terapêuticas institucionalizadas permitem atingir os melhores resultados clínicos e custo-efetividade.

Em 2015, realizou mais de 3,7 milhões de atendimentos, sendo 62% dos atendimentos ambulatoriais dedicados aos pacientes do Sistema Único de Saúde, além do Programa de Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer. Sua infraestrutura dispõe de rede com 480 leitos hospitalares, serviços de cirurgia oncológica e robótica, radioterapia, quimioterapia, anatomia patológica e diagnóstico por imagem especializados em Oncologia.

A formação de especialistas e disseminação do conhecimento científico estão na essência do A.C.Camargo desde o início de sua história. Em 1953 instituiu o primeiro e maior Programa de Residência Médica em Oncologia do País com mais de mil especialistas formados ao longo de seis décadas. Seu Programa de Pós-graduação, iniciado em 1997, já formou 579 mestres e doutores, celeiro de especialistas e cientistas para o corpo assistencial e de docentes da Instituição para o Brasil e Exterior. Em 1987 foi pioneiro na implementação da primeira escola hospitalar, Escola Especializada Schwester Heine, com o objetivo de dar continuidade aos estudos regulares das crianças e adolescentes durante o tratamento.

As atividades de pesquisa do câncer são realizadas no Centro Internacional de Pesquisa em conjunto com o corpo clínico e assistencial, por meio da pesquisa translacional. Possui parcerias e acordos de colaboração com os principais centros oncológicos e acadêmicos internacionais e seus projetos também contam com programas de fomento da FAPESP, do CNPq e PRONON.

O A.C.Camargo ocupa o primeiro lugar no ranking mundial do SCIMAGO entre as instituições de saúde brasileiras que mais publicam nas revistas científicas de maior influência e impacto. Em 2015 esse trabalho resultou em 168 artigos publicados.

Possui certificações e acreditações para os programas de qualidade e segurança assistencial, governança e gestão ambiental, sendo as mais importantes Acreditação ONA nível III - Excelência, Certificação Qmentum International - Padrão Diamante - pelo Canadian Council on Health Services Accreditation e Certificação ISO 14001 pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini.

Facebook: http://www.facebook.com/accamargocancercenter
Twitter: http://www.twitter.com/haccamargo
Google+: https://plus.google.com/+ACCamargoCancerCenter
YouTube: http://www.youtube.com/accamargovideos
LinkedIn: http://www.linkedin.com/company/accamargo
Instagram: https://instagram.com/accamargocancercenter/


 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

7 entre 10 casos de câncer de Cabeça e Pescoço são diagnosticados em fase avançada da doença, alerta A.C.Camargo Cancer Center
Negligencia dos sintomas e demora no encaminhamento por parte de dentistas, médicos e demais profissionais da saúde são alguns dos fatores que retardam o diagnóstico de tumores na região de Cabeça e PescoçoOs tumores de cabeça e pescoço, segundo o Globocan 2012, levantamento da Organização...
9ª Corrida e caminhada A.C.Camargo Cancer Center
Com largada em frente ao Cepeusp, na Cidade Universitária, evento quer mostrar a importância da prática esportiva na prevenção do câncer e recuperação do pacienteA Corrida e Caminhada A.C.Camargo Cancer Center, que une a prática do esporte à conscientização de hábitos saudáveis, chega à nona...
A evolução do modelo Cancer Center no A.C.Camargo
A cada ano aproximadamente 600 mil pessoas são diagnosticadas com câncer no Brasil. Combater o câncer é uma causa da humanidade. Seu progresso é fruto do esforço de pessoas e instituições no mundo inteiro que, comprometidas com esse movimento, dedicam suas vidas a criar melhores...
A.C.Camargo amplia a relevância da ciência no propósito de combater o câncer
Com atuação em pesquisa básica, clínica e translacional em tumores específicos, a Instituição contribui ainda mais para aumentar o conhecimento sobre oncologiaO A.C.Camargo Cancer Center vai aumentar as atividades em linhas de pesquisa translacionais ligadas ao estudo dos carcinomas de cabeça e pescoço, tumores de...
A.C.Camargo apóia movimento global que une forças contra o câncer via redes sociais
Liderado pela Union for International Cancer Control (UICC), o movimento do Dia Mundial do Câncer - 4 de fevereiro - traz o tema WeCanICan - Nós Podemos... Eu Posso. Campanha visa conscientizar a sociedade sobre a importância de cada pessoa na desmistificação e disseminação de...