Trabalho ganha prêmio
no Congresso Latino-
Americano de Patologia
Trabalho ganha prêmio
no Congresso Latino-Americano de Patologia

Publicado em: 28/11/2019 - 19:03

Estudo foi feito em parceria com pesquisadores do Instituto Mário Penna e do A.C.Camargo Cancer Center

Durante o XXXII Congresso Latino-americano de Patologia, o trabalho Perfil imuno-genético de pacientes com câncer de colo uterino respondedoras à quimiorradioterapia foi o vencedor do Prêmio da Fundação Latino-americana de Patologia. 

Com participação de pesquisadores do Instituto Mário Penna e do A.C.Camargo Cancer Center, o estudo, que foi publicado na revista Experimental Molecular Pathology, avaliou o perfil imune e genético de pacientes com câncer cervical avançado e que fizeram tratamento com quimiorradioterapia. 

“As pacientes que vão responder ao tratamento já começam com mais linfócitos de um determinado tipo dentro do tumor, mostrando que o sistema imune tem um papel importante na resposta à quimiorradioterapia”, explica Kenneth Gollob, imunologista e head do Grupo de Pesquisa em Imuno-oncologia Translacional do A.C.Camargo Cancer Center.

A importância do prêmio

Kenneth explica que o trabalho premiado é um reconhecimento da comunidade científica e de especialistas na área em um congresso tradicional. “É um prêmio importante, que mostra reconhecimento na qualidade do trabalho e possível impacto do estudo em uma doença que é comum na América Latina", completa Ken.