A.C.Camargo Cancer
Center participa do
programa CEOx1dia
A.C.Camargo Cancer Center participa do programa CEOx1dia

Vivien Rosso, Superintendente Geral da Instituição, compartilhou sua rotina com Rafaella Lellis, estudante de Direito
 

O A.C.Camargo Cancer Center foi uma das empresas participantes do CEOx1dia, programa mundial da Odgers Berndtson, uma das líderes globais do segmento de Recrutamento e Seleção de Executivos. Nele, são selecionados estudantes universitários do último ou penúltimo período para vivenciar um dia típico da rotina de alguns dos principais CEOs do país, aprendendo a respeito de liderança, carreira e responsabilidades.

Rafaella Lellis, estudante de Direito da Universidade de São Paulo, foi a selecionada para acompanhar a rotina de Vivien Rosso, Superintendente Geral da Instituição.

“Poder passar o dia ao lado da Vivien foi uma oportunidade única. Ela conseguiu me mostrar a complexidade da tomada de decisões em uma Instituição de saúde do terceiro setor com um olhar voltado à continuidade e considerando o impacto das decisões no longo prazo. Conheci a história do A.C.Camargo Cancer Center e o papel essencial que desempenha no nosso país; enxerguei o cuidado com as pessoas sendo aplicado na prática, em cada detalhe, por cada pessoa que eu tive o prazer de conhecer”, conta Rafaella.

 

Líderes do futuro

Em sua quinta edição, o CEOx1dia conta com um criterioso processo seletivo e também traz benefícios não só para os estudantes. “Participar desse programa é uma forma de conectar-se com a próxima geração de líderes, entender como pensam e agem. Todos aprendemos muito nesse processo”, explica Vivien.

Rafaella conta que se sentiu privilegiada por conhecer a Vivien e outros executivos da Instituição, assim como a perspectiva de cada um. “É importante não esquecer que as instituições são um conjunto de pessoas. A partir da minha experiência no A.C.Camargo Cancer Center, percebi que o CEO e os líderes em geral não estão na organização para resolver todos os problemas sozinhos, pois isso seria impossível. É necessário confiar nas pessoas à sua volta e se posicionar como um facilitador para que todos se desenvolvam e prosperem em seus projetos; dessa forma, o profissional a Instituição leva ao sucesso e entrega mais impacto aos pacientes”, finaliza Rafaella.