Monitoramento remoto para pacientes da imunoterapia

A solução contribui para evitar a deterioração clínica do paciente e traz melhor custo-efetividade para as instituições de saúde

 

Em 2020, o A.C.Camargo Cancer Center implantou uma solução de monitoramento remoto para seus pacientes em tratamento com imunoterapia. Após um período de seis meses em teste piloto, a iniciativa começou a ser expandida para os demais pacientes de imunoterapia.

O monitoramento remoto funciona por meio de um aplicativo, no qual os pacientes interagem respondendo a perguntas pré-estabelecidas por um protocolo clínico; o resultado indica o grau de deterioração clínica do paciente. Ao fim das perguntas, o aplicativo emite três alertas para a equipe de monitoramento: verde, amarelo e vermelho.

Para aqueles classificados como vermelho (mais graves), a enfermeira de referência entra em contato com o paciente, checa todos os sintomas e encaminha-o para a emergência. Já os pacientes classificados como amarelo são monitorados pela enfermagem por meio de um dashboard, a fim de evitar que o quadro clínico do paciente deteriore.

“Com esse aplicativo para monitoramento remoto, é possível encaminhar o paciente para a emergência somente quando necessário e no tempo correto, evitando o agravamento do quadro clínico, idas desnecessárias ao pronto-socorro e internações em estado crítico, além de promover o uso racional de recursos financeiros”, explica Victor Sato, supervisor de Inovação do A.C.Camargo Cancer Center.

Victor também explica que o próximo passo é expandir o monitoramento remoto para pacientes em tratamentos com quimioterapia, radioterapia e em período pré e pós-cirúrgico. “O aplicativo também é uma forma de se comunicar de forma rápida e ágil com a Instituição, o que proporciona maior segurança e acolhimento para estes pacientes. Por isso, em breve, será expandido para todas as linhas de tratamento”, finaliza Victor.
 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam