Pesquisa

Residente em destaque

Tamyres, residente de fisioterapia

Formada em Fisioterapia pela Universidade Nove de Julho,
Tamyres é Residente do 1º ano de Fisioterapia no A.C.Camargo Cancer Center

Trabalhar a criatividade para reabilitar e ajudar as pessoas. Foi assim que me senti e me encantei com a fisioterapia, durante uma feira de profissões, quando ainda estava escolhendo minha faculdade. Anos depois, com pouca experiência, não conseguia decidir minha área de especialização. Eu gostava muito de UTI, Pediatria e Saúde Coletiva. Foi então que eu descobri na Oncologia uma oportunidade de atuar em todas elas.

Lidar com as pessoas em um momento de tanta fragilidade significa se doar, não só profissionalmente, mas também emocionalmente. O paciente deposita sua total confiança na gente. Às vezes olho para eles e penso em tudo que já passaram ou estão vivendo e como essa fase está impactando sua vida... É uma verdadeira experiência!

Rotina de uma Residente na Fisioterapeuta

"Trabalhar a criatividade para reabilitar e ajudar as pessoas. Foi assim que me senti e me encantei com a fisioterapia".

Nos primeiros dias, já acompanhamos os atendimentos com os preceptores. O principal objetivo é aprender sobre as características do paciente oncológico. Por exemplo, na faculdade eu aprendi sobre reabilitação de ombros. Mas, aqui, será que posso utilizar as mesmas técnicas para reabilitar o ombro de uma paciente mastectomizada? Quais são as diferenças entre o ombro dela para um atleta? Então aprendi que muitas mulheres desenvolvem cordão fibroso e isso limita os movimentos dos braços. Por isso, se vejo que o braço de uma paciente não está levantando, preciso investigar.

No dia a dia, duas vezes por semana, apresentamos aulas para nossos preceptores e discutimos os casos. Aqui o fisioterapeuta atua em uma área diferente a cada seis meses: estou atualmente nos ambulatórios, depois passarei pela UTI, Pediatria e, finalmente, terminarei meu programa na internação. A prática é muito grande e estamos sempre aprendendo - até hoje vejo e lido com situações novas.

A.C.Camargo Cancer Center

Eu já conhecia o A.C.Camargo, porque estudava aqui perto. Sempre me falaram bem da estrutura e do bom atendimento. E eu queria ter essa experiência na área oncológica. Aqui eu tenho muito suporte e, mais importante, uma relação próxima com os preceptores. Tenho liberdade de questionar e discutir, me sinto muito à vontade, e isso faz toda a diferença no aprendizado. Eu espero, quando concluir o programa, trabalhar na área e continuar sempre estudando.