Tumor Boards agilizam tratamento e diminuem os custos com a saúde
Tumor Boards agilizam tratamento e diminuem os custos com a saúde

Os Tumor Boards são reuniões multidisciplinares que contam com a participação de cirurgiões, oncologistas clínicos, radioterapeutas, patologistas, radiologistas, pesquisadores e outros especialistas para discutir a conduta terapêutica mais efetiva para casos complexos de pacientes com câncer.  A discussão de muitos substitui a opinião de um médico isolado e sobre todas as perspectivas decisões melhores são tomadas para o cuidado do paciente.  Pode ser a melhor sequência de tratamentos, a decisão de operar ou não um paciente, quando vale a pena continuar investindo em um paciente que tem um tumor que não respondeu a muitos tratamentos, e também quando é a hora de cuidar do paciente sem submetê-lo a mais um tratamento invasivo já que o time não percebe um benefício adicional.

Para o paciente, os benefícios são inúmeros: rapidez na condução do tratamento, clareza na decisão a ser tomada e segurança. O paciente sabe que seu caso foi avaliado por um grupo de profissionais que, com base em evidências científicas, está recomendando a melhor opção de cuidados.
 
Foi a partir da experiência do Tumor Board do A.C.Camargo Cancer Center e da análise de atuações semelhantes em alguns dos melhores cancer centers do mundo, que o Dr. Cassio Pellizzon, da Radioterapia, avaliou a importância do modelo em países em desenvolvimento.

“A discussão multidisciplinar homogeniza a conduta, o paciente não tem de ficar pulando de hospital em hospital”, diz o Dr. Cassio. Seu artigo The Tumor Boards - is this strategy worth for developing countries? (Tumor Board- a estratégia é válida para países em desenvolvimento?), publicado no Journal of Contemporary Brachytherapy, apresenta decisões de conduta em casos complexos de câncer de pâncreas e de mama, e ainda estudos que avaliaram que as taxas de sobrevida dos pacientes são mais altas entre aqueles que foram avaliados por Tumor Boards.

Embora ainda não existam publicações sobre o impacto dos Tumor Boards nos índices de sobrevida de pacientes com câncer, eles fazem muita diferença na economia de tempo e na qualidade de atendimento que é dada aos pacientes. Afinal, em uma estrutura hospitalar diferente de um Câncer Center, na qual o paciente não está no centro do cuidado, quando há o diagnóstico de câncer, ele passa por diversas etapas, separadamente. Isto significa que o tratamento se prolonga, onera os custos dos sistemas de saúde e impacta na economia.

“Em países com poucos recursos ou de dimensões continentais como o nosso, em que existem poucos centros especializados, os Tumor Boards são muito importantes como estratégia para a saúde. Os recursos financeiros gastos pelos serviços de saúde, tanto público quanto privado em clínicas, poderiam ser empregados em novos centros de referência para o tratamento do câncer”, diz o Dr. Cassio.