Pacientes e Tudo Sobre o Câncer

Notícias

Palavra do Especialista: Dr. Glauco Baiocchi Neto comenta estudo sobre o uso do vinagre para detectar câncer de colo de útero

06.06.2013

Estudo realizado por pesquisadores da Índia e divulgado no último domingo na conferência anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO, em inglês), concluiu que o vinagre pode ser utilizado para detectar o câncer de colo de útero precocemente em países menos desenvolvidos.

O processo é simples: o médico esfrega o colo do útero da mulher com o vinagre, o que faz com que as lesões pré-cancerígenas fiquem brancas; minutos depois, uma lâmpada de halogêneo, caracterizada por sua luz branca, é utilizada para inspecionar visualmente o colo do útero.

Segundo Dr. Glauco Baiocchi Neto, Diretor do Núcleo de Ginecologia Oncológica do A.C.Camargo Cancer Center, o vinagre tem em sua composição o ácido acético, que é a substância utilizada na rotina da colposcopia para a detecção das lesões pré-neoplásicas. "Em áreas rurais da Índia ou China, onde o acesso ao ácido acético é difícil e não há possibilidade da realização da colposcopia ou mesmo do Papanicolau, o vinagre passa a ser uma alternativa para diagnosticar precocemente a doença".

Em outros países como o Brasil, alerta o especialista, o método não deve substituir o Papanicolau ou a colposcopia, principais exames de diagnóstico de tumores cervicais. O Papanicolau é o principal exame para diagnosticar precocemente essa doença de desenvolvimento lento e deve ser realizado anualmente pelas mulheres. Já a colposcopia é um método de diagnóstico utilizado em casos de suspeita de lesão pré-cancerosa ou de câncer. O exame permite examinar o colo do útero através de um aparelho chamado colposcópio, que se assemelha a um par de binóculos, e produz uma imagem ampliada entre 10 a 40 vezes, permitindo que o médico identifique lesões imperceptíveis a olho nu.

Independentemente do país ou do exame diagnóstico, reforça o oncologista, "a paciente que apresentar qualquer suspeita deve procurar um centro especializado para tratamento".

Leia a matéria completa no Portal Exame ou no site da ASCO.

Dr. Glauco Baiocchi Neto - CRM 97051
Diretor do Núcleo de Ginecologia Oncológica

Selecionar