Neurologia

Neuro Oncologia é a ciência que estuda os tumores primários do sistema nervoso, as complicações metastáticas e não-metastáticas do câncer sistêmico e a dor oncológica.

A expansão do conhecimento médico tem proporcionado maior sobrevida dos pacientes portadores de diferentes neoplasias. Esta mudança de perfil epidemiológico e o maior tempo de exposição destes pacientes a diferentes modalidades de tratamento (cirurgia, quimioterapia, radioterapia) promovem a ocorrência de ampla diversidade de sinais e sintomas neurológicos nesta população.

Convulsões, fraqueza muscular, alterações do estado mental, formigamentos, tonturas e dor de cabeça são apenas algumas das queixas mais comumente verificadas no seguimento dos pacientes oncológicos, e apenas através de um exame clínico minucioso pode-se correlacionar tais sintomas com o câncer ou com outra morbidade.

A diversidade de psicofármacos e analgésicos utilizados durante o acompanhamento dos pacientes portadores de câncer torna ainda mais complexo o reconhecimento de determinadas síndromes neurológicas. Além de assistência psicológica conjugada, a atuação de especialistas no controle da dor oncológica (Central da Dor) objetiva a racionalização de medicamentos analgésicos, adjuvantes ou mesmo métodos invasivos para o controle da dor oncológica.

O neuro-oncologista assume cada vez mais papel singular no processo diagnóstico destas afecções neurológicas, correlacionando os achados clínicos com os exames subsidiários adequados (neuroimagem, neurofisiologia, líquor cefalorraquidiano), e participando de forma integrada a uma equipe multidisciplinar (neurologia, neurocirurgia, radiologia, oncologia, radioterapia, cuidados paliativos) nas decisões terapêuticas individualizadas.

A Neurologia do A.C.Camargo insere-se neste contexto, promovendo uma abordagem humanizada, em constante aprimoramento técnico e científico, integrando-se ainda a uma estrutura de reabilitação fisioterápica, fonoaudiológica e nutricional.