A.C.Camargo
A luta contra o câncer é
uma causa da humanidade
Ir para o site institucional >

Diagnóstico

 

tríade da pesquisa: básica, translacional e clínicaPrecisão em todas as áreas do diagnóstico.

Para pacientes que pela primeira vez entram em um Cancer Center, ou pacientes já em fase de acompanhamento, expectativa e ansiedade são sentimentos comuns entre o dia do exame e a espera pelo resultado.

O diagnóstico - correto e preciso - é fundamental para médicos, pesquisadores e, principalmente, para o paciente. São exames de imagem, anatomo-patológicos ou moleculares, que fornecem informações sobre o local, estágio, tamanho e características do tumor, tornando possível definir o tratamento mais eficaz, de acordo com cada caso.

Possibilita também realizar descobertas científicas gerando cada vez mais conhecimento sobre a doença, além da formação e capacitação de residentes, mestrandos e doutorandos especialistas no assunto.

O diagnóstico, por isso, é um dos pilares da nossa atuação. Sua conexão com o tratamento, o ensino e a pesquisa é essencial em um Cancer Center.

 

Imagem Anatomia Patológica Genômica

Diversos grupos de pesquisa trabalham em laboratórios estudando células, moléculas, proteínas, vírus, bactérias, entre outros.

O objetivo é descobrir fatores relacionados ao surgimento, progressão, transformação, agressividade da doença.

São exames que permitem avaliar a anatomia, função dos órgãos, a presença e a localização de doenças dentro do corpo humano, sem a necessidade de cirurgia.

Auxiliam na detecção precoce e no diagnóstico de câncer, nas decisões de tratamento e avaliação da sua eficácia, além do acompanhamento pós-tratamento.

Os patologistas são responsáveis por confirmar o diagnóstico mais preciso para cada paciente, o que pode influenciar diretamente na escolha do tratamento.

 

 

Pesquisadores estudam o surgimento e progressão do câncer, buscando elementos que podem indicar uma doença (biomarcadores), o que possibilita novas descobertas sobre evolução, efeitos, diagnóstico e tratamento da doença.

Utilizam e desenvolvem ferramentas para análise em grande escala do genoma humano (DNA).


 

 

 

 

Parque tecnológico completo Testes moleculares e genômicos Biópsia Líquida ctDNA

Diversos grupos de pesquisa trabalham em laboratórios estudando células, moléculas, proteínas, vírus, bactérias, entre outros.

O objetivo é descobrir fatores relacionados ao surgimento, progressão, transformação, agressividade da doença.

Um local com todos os exames de imagem disponíveis e com profissionais experientes possibilita formar especialistas qualificados e ampliar o conhecimento sobre o câncer, contribuindo para a precisão do diagnóstico de cada paciente.

Auxiliam oncologistas, cirurgiões e pesquisadores em questões referentes ao perfil molecular de um tumor e do paciente, o que pode auxiliar em diagnósticos, tratamentos, acompanhamento e até predisposição familiar para determinados tipos de câncer, por exemplo.


É um procedimento minimamente invasivo para identificar a presença de DNA tumoral a partir de uma amostra de sangue. É indicada para pacientes já diagnosticados para acompanhamento da doença, escolha e monitoramento do tratamento.